Doctor Who: Quem é River Song?

Ela aparece sem aviso algum. Sabe o nome real do Doctor, consegue pilotar a TARDIS melhor que ele mesmo e possui um diário com todo o futuro dele. River Song – a personagem mais complexa e enigmática do universo Who. Desde que ela apareceu na 4ª temporada, todos se perguntam quem é essa mulher que discute, argumenta e age em um nível similar do Doctor. Durante a 5ª temporada, a questão foi ficando ainda maior, pois mais fatos de sua vida foram revelados. Finalmente chegamos na 6ª temporada, em que Steven Moffat promete mostrar a verdadeira identidade de River. Mas se você gosta de especular, há uma teoria que bate muito bem com os fatos mostrados durante os oito episódios que a Dra. Song aparece. Seria ela a futura Amy Pond? Seria uma próxima regeneração do próprio Doctor? Ou seria uma personagem recém apresentada?

Primeiramente, vamos falar sobre a linha do tempo de River. Já ficou bem claro que River e o Doctor viajam em direções opostas – enquanto ela o conhece mais, ele a conhece menos e vice-versa. Analisando os episódios passados, é possível criar a timeline do ponto de vista de River. No entanto, devemos levar em conta que ela é uma viajante do tempo, então é difícil colocar em uma linha reta o que deve ser uma coisa wibbly wobbly timey wimey. De qualque forma, é preciso entender que, como estamos vendo os eventos do ponto de vista do Doctor, toda vez que vemos River ela é uma versão diferente da personagem.  A versão mais velha é a da Biblioteca, quando a primeiro conhecemos. A versão mais nova é a da aventura nos EUA, que vimos nos episódios de estreia do 6º ano. Segue um simples gráfico para tornar a idéia mais clara:

É evidente que a Biblioteca é o último lugar onde River vai, pois trata de sua morte. Nesse episódio, ela cita os eventos da Queda de Bizâncio, o Piquenique em Asgard (o qual aconteceria mais cedo para o Doctor) e a noite em Dorillian, que teria acontecido logo antes dela ir à Biblioteca. Na segunda vez que a vemos, estamos em Alfava Metraxis, quando a nave contendo um Weeping Angel cai no Bizâncio. River cita Bone Medows, um evento localizado no começo de seu diário. Ao final do episódio, ela revela que eles se encontrarão novamente quando a Pandórica abrir, deixando claro que este evento é posterior ao vivenciado no final da temporada. É possivel colocar os EUA antes de Pandórica pelo fato de que ela ainda está na prisão e pelo que é dito após o beijo. Enquanto aquele é o primeiro beijo para o Doctor, é o último para ela, pois a partir de então ele a conhecerá cada vez menos (eles não se beijam no Bizâncio, na Pandórica ou na Biblioteca). Dorillian demonstra o fator timey wimey citado anteriormente. Teoricamente, por ser o último evento de River antes da Biblioteca, ela deveria ter encontrado um Doctor novo, que quase não a reconhecesse. Mesmo assim, ela descreve uma noite íntima, na qual qual ele a presenteia com a chave sônica do futuro e derrama lágrimas por saber de sua morte. Se olharmos para a linha do tempo de trás para frente, temos a ordem que nós e o Doctor estamos encontrando River Song. Quando entendemos isso, a cena da Biblioteca em que o Doctor diz que não a conhece faz muito mais sentido, e fica extremamente mais triste. Principalmente quando juntamos esse conhecimento como a fala de River no episódio 6×01: “Fico ansiosa por nossos encontros, mas sei que toda vez que isso ocorre, ele estará um pouco mais distante. E o dia está chegando em que aquele homem me olhará, meu Doctor, e ele não terá a mínima ideia de quem eu sou. E eu acho que isso vai me matar”. Uma trágica história de amor.

Agora que já entedemos como funciona a linha do tempo de River, vamos para a parte mais importante: sua identidade. Teorias como “River Song é Amy Pond” e “River Song é o Doctor” podem ser facilmente descartadas por vários motivos, mas a principal razão é porque interagir com o passado pode abrir um buraco no universo (sem contar que seria errado em vários níveis o Doctor beijar a si mesmo). Então o que é viável? Para mim e todos que acreditam nessa teoria, a resposta foi dada no início dessa temporada. River Song seria a filha de Amy, a qual é a garotinha que fugia do Astronauta e que se regenerou ao final do episódio. Pense bem, quando Amy tivesse seu bebê, o Doctor estaria ao seu lado. Por algum motivo, ele descobriria que a menina é River,  e esse é um assunto que ele conhece bem. A razão pela qual River se apaixona pelo Doctor é porque ele sabe tudo sobre ela, assim como o Doctor a ama por ter um conhecimento mais avançado que o seu. Eles estão presos em um ciclo vicioso temporal, pois River só possui esse conhecimento devido ao tempo que passou com o Doctor, e o Doctor só sabe da vida de River devido ao tempo que ela passou com ele – um instiga o outro. Viagem no tempo, um tópico absolutamente fascinante.

Mas voltando à teoria. Ao final do episódio Day of The Moon, Amy diz que estava preocupada que seu bebê sofresse de algum efeito causado pelo tempo que ela passou na TARDIS. Sua filha pode não ter uma “cabeça temporal”, mas poderia muito bem adquirir a habilidade de se regenerar. No mesmo episódio, a TARDIS não consegue identificar com certeza se Amy está grávida ou não. Isso me parece o resultado de duas realidades se sobrepondo (em uma Amy está grávida, na outra não), o que poderia ter sido causado pelo Silêncio. Esse efeito poderia ser a causa do mal estar de Amy e River após o encontro com a criatura (Amy estaria se sentindo mal por “perder” o bebê, consequentemente apagando a existência de River). A mulher com o tapa olho que Amy viu no 6×01 e 6×03 também poderia ser dessa suposta realidade alternativa, na qual ela não estaria grávida. Mas isso não é o que me preocupa. Presumindo que River é a filha de Amy, assim como a garotinha, por que ela está sozinha em 1969? Onde está o Doctor, Amy e Rory? Um outro fato que acho bem interessante é que, considerando a morte do Doctor legítima  em The Impossible Astronaut, isso significa que River passa o resto da sua vida sabendo como ele irá morrer, e o Doctor também sabe todo o tempo como é o fim de River na Biblioteca. Uma situação poética e triste, como grande parte da escrita de Steven Moffat.

O que vocês acham da teoria? Faz sentido ou vocês tem uma visão diferente? Poderíamos esperar a temporada responder quem é River Song, mas qual seria a graça disso?

Camila Picheth

Tags: , , , , ,

  • Erick Mask

    Eu acho a idéia de a River se filha da Amy não muito interessante. Mesmo sem ter uma idéia sobre isso acho que Moffat conseguiria encontrar uma ligação ainda mais interessante.

    Sobre a menina que se regenera, não acredito que essa habilidade possa ser dada simplesmente por se viajar na TARDIS. É complexo.

    E se a menina fosse filha da Amy, ela falaria algo quando à encontrou enquanto ainda usava a roupa de astronauta…

    Ah, sei lá. Doctor Who tá muito mindfuck.

  • https://twitter.com/#!/CylonZeh @CylonZeh

    heheh eu achei que seria um spoiler cabuloso :D

    mas eu não acho que a garotinha seja a River, porque se fosse ela (River) saberia o que estava acontecendo ou se lembraria de alguma coisa daquela situação (não do Silêncio – óbvio – , mas dos outros elementos: a roupa de astronauta a “devorando”, o orfanato. Ou não?

    a River poderia ser a Jenny, filha do Doutor na 4ª temporada. tá, eu sei, “filha” e tal, mas talvez eles (Senhores do Tempo) não tenham essas nossas frescuras hahah

    agora essa mulher de tapa-olho é um mistério. Não sei nem por onde começar a especular…pelo menos por enquanto.

    agora está muito tarde/cedo e tenho que estudar, mas à noite eu volto para continur/ler os comentários.

  • Camila Picheth

    Então, eu acho que pode haver alguma explicação para a River não ter falado/lembrado da roupa de astronauta. O Silêncio a estava mantendo, e sabe lá o que eles fizeram com ela.
    E eu ainda acho que há a possibilidade dela ter reconhecido a roupa. Depois que River atira contra o astronauta, ela diz “Claro que não”. Isso me incomoda.

  • http://twitter.com/lucasparaizo Lucas Paraizo

    Ótimo texto!

    Eu também acho que a River pode ser a filha da Amy, e que a Time Lady pode ser a filha da amy, mas não consigo imaginar a River sendo a menininha. (Meio confuso, rs)

  • http://universowho.wordpress.com matheus carvalho

    otimo texto…nunca vi nada teorizando a river que fosse tao bem organizado….e sou mais fâ da ideia da menininha ser uma time lady da serie classica do que a river…faz muito sentido…mas isso da tardis alterar digamos…o provavel bebe da amy dando a ela habilidade de se regenerar…hm sei nao.

    moffat sabe brincar com os limites da mitologia de uma serie de 47 anos fazendo nós fâs ficarmos completamente…”what?”

  • Camila Picheth

    Valeu Matheus!!
    Realmente, do Moffat eu espero de tudo. É bem capaz que ele traga de volta uma personagem das temporadas mais antigas.

  • Jose Wilson

    tenho a comentar sobre a morte do Doctor, acho que o Mofat vai dar um jeito para impedir, pois pense se o Doctor morre mesmo então a serie acabaria com o esse Doctor nãoteria mais outro.

  • http://www.apaixonadosporseries.com.br Camila

    Gostei muito do texto Camila.

    A River é uma personagem que a cada dia me encanta mais, porque nós estamos conhecendo-a pelos olhos do Doctor, mas se prestarmos atenção a estes detalhes, vemos a cada encontro um pouco menos de informação da parte dela, e até uma perda de memória, como no último 6×02, que ela já não sabia que o Doctor ainda não a tinha beijado. Nos episódios anteriores ela sabia. Eu revi o primeiro encontro do Doctor com a River, na biblioteca, foi um episódio muito triste agora que eu a conheço um pouco mais, que estou conseguindo enxergar a sequência pela ordem da River.

    Quanto a sua teoria dela ser filha da Amy, acho que este não será o caminho adotado por Moffat, a River já disse uma vez que é do século 51. Para isso acontecer e ela ser filha da Amy, Amy teria que ter deixado ela pra trás em alguma viagem no tempo. Embora ela mesma possa ficar para trás no final da temporada. Mas assim a River estaria mexendo com o passado dela, ela saberia que Amy é sua mãe.

    Tem esse belíssimo gráfico da linha temporal da River e do Doctor, que infelizmente não lembro de onde baixei: http://i.imgur.com/KeO7F.jpg

    Sobre a garotinha, tenho três teorias sobre ela:
    1 – O Master não teve um fim.
    2 – A neta do Doctor também não morreu na série.
    3 – A filha do Doctor da 4ª temporada saiu voando, está viva. O quanto ela pode ter do DNA do Doctor e sofrer regeneração?

  • Camila Picheth

    Realmente, esse gráfico é muito bonito! Ainda bem que bate com o meu hehehe
    Suas teorias também são válidas. Por enquanto ainda vou seguir esta relacionada com a Amy, mas reservo o direito de estar complemente errada.

  • http://osparadoxos.blogspot.com Willian

    Bom, é que já tiraram do imdb… mas pelo que constava, a menininha é a Lucy Saxon… se bem que quando ví isso eu tive um momento WTF!? o_O”

    vai saber, né…

  • Pingback: LINKS LOVE #4 | trecos & trapos()

  • Blink

    Lembrem que a River disse que tem fotos para identificar o doctor e suas regenerações, disso concluo que ela viu pelo menos mais um doctor. O que acham??

  • Pingback: Doctor Who: A Good Man Goes to War [Mid Season Finale] « Ligado em Série()

  • http://futurantiqua.blogspot.com/ Capitão Escarlate

    Parabéns, você acertou o/

  • Camila Picheth

    :D o/

  • Aline Leal

    Acho que River Song, poderia ser a filha do Doctor, na 4ª temporada, episódio 6, parte do dna do Doctor é coletado e ele acaba tendo uma filha, ela luta em uma batalha contra os Hath, Martha disse que não tinha volta, mas no final do episódio, ela revive, por causa que ela é filha de um Time Lord, e nos deixa na dúvida, acho que River Song, seria um futuro de “Jenny” (inicialmente chamada).

  • Pingback: Doctor Who: Let’s Kill Hitler! « Ligado em Série()

  • Pingback: Doctor Who: Quem é River Song? « Serial Cookies()

  • nayara

    alguém ja parou pra considerar que a jenny ainda está viva?

  • nayara

    mas eles se baijaram, eu acho q a jenny n iria beijar seu pai

  • Maritza

    Gente… o episódio das vampiras termina com ” Sim, nós somos os garotos dela…”
    Gente… a menininha regenera…

    Adão Iturrusgarai já sabia…

  • Maritza

    Aé, esqueci!

    Século 51 né? A gente conhece um cara que vem de lá também. Que também é uma garota do doutor…

  • Pingback: Doctor Who: A Sexta Temporada da Nova Era « Ligado em Série()

  • Pingback: Atores de ER em Séries Sci-Fi « Ligado em Série()

  • Pingback: Doctor Who: A Sexta Temporada da Nova Era « Serial Cookies()

  • Pingback: Atores de ER em Séries Sci-Fi « Serial Cookies()

  • Gabrielljj

    e se River for filha da Donna no ultimo episodio ela recebe a sabedoria do doctor e na biblioteca River se assusta quando ouve o nome da Donna 

  • Gabrielljj

    ou entao River pode ser a propria Donna

  • Rafael

    Mas eles num se encontro no ‘Silence in the library’?? ainda era o outro doutor, right?

  • Rafael

    Olha isso aqui que eu achei na Wikipedia ”Born Melody Pond, River is the daughter of the Eleventh Doctor’s companions Amy Pond (Karen Gillan) and Rory Williams (Arthur Darvill), alongside whom Kingston had appeared several times in series five
    (2010). Having been conceived in the TARDIS as it travelled through the
    space-time vortex, Melody is born with genetic traits and abilities
    similar to the Doctor’s own race, the Time Lords.’

  • Tennant silva

    MAIS ESDQUECEMOS DE UMA COISA E A FILHA DO DOUTOR QUE EM EPISODIOS ANTES ELA LEVA UM TIRO E O DOUTOR PENSA QUE ELA MORREU E NO FINAL ELA ACORDA E COMEÇA A VIAJAR NO ESPAÇO PODE SER ELA COM OUTRO NOME E OUTRA IDENTIDADE JA QUE ELA E FILHA DO DOUTOR WHO