Netflix Traz Filmes e Séries On Demand. Mas Vale a Pena Contratar?

Netflix, popular serviço de streaming on demand de filmes e séries dos EUA aterrisou no Brasil esta semana prometendo sacudir o mercado dominado por NetMovies, Terra TV Video Store, Blockbuster Online e NET Now. O grande diferencial do Netflix para sistemas tipo pay-per-view é o preço: R$ 14,99 por mês para ver filmes e séries ilimitadamente, sem a necessidade de baixar dados e totalmente online. Você pode assistir o conteúdo no computador (Mac ou PC com o plugin Silverlight ativado), numa Internet TV compatível ou pelos consoles PlayStation 3, Playstation 2 ou Nintendo Wii conectados a uma rede. Em breve a empresa promete expandir o streaming para XBOX 360, iPod Touch, iPhone, iPad e dispositivos com Android.

Testei o serviço desde a chegada e tive algumas surpresas, algumas boas e outras não tão agradáveis. Primeiramente, cabe ressaltar a facilidade de cadastro (inicialmente só com cartões Visa ou MasterCard), uso do sistema e a forma nada burocrática de seleção e exibição de conteúdo, que é praticamente instantânea. Para ver com qualidade boa (suporta vídeo HD 720p e áudio 5.1 canais, que devem ser habilitados no menu “Gerenciar Qualidade” dentro de “Sua Conta e Ajuda”), é recomendável ter uma conexão de pelo menos 5 MB, embora os melhores resultados consegui com conexões acima de 10 MB. Se ligados em consoles como PS3 ou Wii, o ideal é manter o roteador wireless próximo ou, de preferência, ligado por cabo. Isso porque para evitar travas, o sistema Netflix ajusta a qualidade da imagem e som de acordo com a disponibilidade de sua conexão. Assim, se o link estiver bom, a imagem exibida será High SD (semelhante ao DVD) ou até High HD (que fica semelhante a NET HD ou SKY HD). Não alcança a qualidade de um Blu-ray Disc, por não suportar vídeo 1080p e, principalmente, por não ter áudio HD.

Mas nem tudo são flores. Logo de cara o assinante notará a baixa disponibilidade de conteúdo novo e muita, mas muita velharia e produções de qualidade duvidosa (tipo aqueles DVDs de gôndola de supermercado). Mais uma promessa da empresa, contudo, é a de abastecer o sistema com mais títulos novos à medida em que novos contratos de licenciamento são fechados no Brasil ou América Latina. Mas é possível sim encontrar bons filmes e algumas séries como Grey’s Anatomy, Mad Men, Californication, Battlestar Galactica, United States of Tara, Friday Night Lights, Castle, Kings, Damages, Community, Taken, 90210, Desperate Housewives, Criminal Minds, Medium e The Office. O problema é que tem muitas séries com episódios faltantes (inclusive na mesma temporada, o que não faz o menor sentido) e diversos filmes e séries apenas com opção de áudio em português, sem o original ou legendas (e isso nossa TV Paga já nos dá de brinde, não é mesmo?).

Vale a pena contratar Netflix? Bom, dependerá do seu uso e do seu link de Internet. O ideal é usar Netflix na TV através dos consoles, de uma Internet TV ou ligar o computador na TV por cabo (solução mais barata). No lançamento, a empresa concede 1 mês grátis para você testar. Aqui, o primeiro dia de uso teve uma imagem horrível, independente da qualidade do sinal, mas de ontem pra hoje já consegui reproduzir conteúdo HD pelo PlayStation, com o roteador wi-fi em outro cômodo. Faça o teste e veja se é algo que vai “pegar” na sua casa. A conta pode ser cancelada a qualquer momento, também sem burocracia. Independente disso, é notório que o serviço precisa melhorar bastante, seja na disponibilidade de títulos, alternativas de áudio e legendas e na qualidade da navegação. Pode vir a ser bacana como hoje é nos EUA, substituir locadoras e “legalizar” o conteúdo que você assiste, mas por enquanto é só um agradável e razoavelmente barato complemento para o nosso home entertainment.

ATUALIZAÇÃO #01 – Novembro

Após 2 meses de uso do serviço, é possível notar que as melhorias foram gritantes. O conteúdo está em constante expansão: a oferta de séries e episódios aumentou exponencialmente e o catálogo de filmes cresceu com títulos de qualidade, grandes clássicos e alguns mais recentes. Como também foi prometido pela empresa, mais plataformas suportam Netflix hoje. Além do Wii, PS3 e algumas Smart TVs, agora é possível acessar o conteúdo pelo Apple TV, tablets e celulares com Android e até o final do ano eles estarão disponíveis em XBOX e iOS. A oferta de opções de áudio e legendas também foram expandidas e até Janeiro de 2012 a Netflix anunciou que quase todo o conteúdo estará com todas estas opções.

Comente no Facebook