Entrevista: Morena Baccarin, de Homeland

Por Juliana Nogueira, especial para o Ligado em Série

Nesta manhã no Hotel Hyatt em São Paulo ocorreu a coletiva de imprensa da série Homeland, que estreará no Brasil no próximo dia 04 de Março legendada às 22:00 pelo canal FX. Quem veio representar a produção foi Morena Baccarin, atriz brasileira que faz o papel de Jessica Brody, esposa do fuzileiro Nicholas Brody (interpretado por Damian Lewis, Life) e que ficou mundialmente conhecida por seu papel de destaque como a alienígena Anna na série V. Homeland chega ao Brasil depois de premiada com dois Globos de Ouro, o de melhor série dramática e o de melhor atriz dramática para Claire Danes, que interpreta a agente da CIA Carrie Mathison. O ambiente da coletiva estava bem descontraído, como também foi o de Pretty Little Liars ontem. Desta vez a decoração temática no salão da coletiva era mais simples, com apenas um banner grande de apresentação da série. O painel começou com a exibição do episódio piloto da série para os jornalistas presentes. Logo após Morena entrou esbanjando simpatia, de sorriso aberto e falando um português perfeito (apesar de Brasileira, a atriz é radicada nos EUA desde os 7 anos). Também não tivemos qualquer tipo de censura sobre o que perguntar; sendo permitido falar de outras produções e até mesmo da vida pessoal.

Sobre a Série

Morena começou a entrevista contando que seu personagem na série foi “o papel certo, na hora certa”, pelo fato de ser algo que foge do seu histórico de ficção científica na TV (V, Firefly) e se foca no lado humano. Ela destacou que a produção proporciona mais liberdade ao ator por ser produzida para um canal a cabo americano (Showtime) e o fato da temporada ter menos episódios lhe dá a oportunidade de explorar outros trabalhos. Sobre a trama, que conta a história de um militar que retorna para os EUA após 8 anos em cativeiro no Oriente Médio e é suspeito de ser um agente duplo pela agente Carrie, pude perguntar a ela sobre como ela achava que seria a percepção do brasileiro com relação ao protagonista que oscila entre vilão e mocinho e ela respondeu que acha que todo mundo se identifica com essa questão de espionagem, que nosso país teve uma história complicada de ditadura que exemplifica isso, portanto é possível sim se relacionar com a dúvida sobre qual o verdadeiro interesse de Brody.

2ª Temporada

Sobre a segunda temporada ela não soube falar muito, além do fato de que começará a ser filmada em maio no estado da Carolina do Norte (onde também foi gravada a 1ª) e que há a possibilidade de filmarem em Israel também. “Sei que haverá um salto temporal de 2 anos”, contou. Ela disse que devido ao fato da série ter um nível de intensidade muito alto, não possa durar muito, talvez 4 ou 5 temporadas apenas. Morena comentou ainda que as cenas mais fortes e explícitas que são suas favoritas, já que demonstram a coragem de abordar esse lado mais vulnerável e controverso da realidade, como esse relacionamento (ou falta dele) de militares que voltam da guerra, mostrando o lado mais “feio” que não costuma ser abordado abertamente.

Prêmios

Morena falou estar muito orgulhosa pela série ter tido um grande reconhecimento de público e crítica logo no seu primeiro ano, conquistando dois Globos de Ouro. Ela disse que Claire Danes trabalha incansavelmente no programa, e que todos ficaram muito felizes com a vitória.

Carreira e TV

A atriz falou ainda sobre outros papeis que teve, em especial à oportunidade na TV dada a ela por Joss Whedon em Firefly. Ela contou que ele é uma pessoa muito querida e que adoraria ter a chance de trabalhar com ele novamente. Ela também mencionou suas participações em outras séries como The Mentalist e The Good Wife, que acabou de gravar e disse ter sido uma experiência incrível. Morena revelou que o drama jurídico de Alicia Florrick é uma de suas séries favoritas, juntamente com Downton Abbey (pela qual se diz obcecada), e que também curte Modern Family, Enlightened, Dexter e Smash. Ela ccomeçará a filmar um longa de comédia em Março chamado Old Days, que tem roteiro e direção de Michael Rosenbaum (o Lex Luthor de Smallville).

Por fim, Morena disse que já recebeu vários convites para trabalhos aqui no Brasil, mas devido a conflitos com sua agenda americana, ainda não foi possível fazer algo aqui. Ela vem normalmente uma vez por ano ao país, a última durante o Carnaval que passou com a família na cidade do Rio de Janeiro.

Leia sobre o episódio piloto de Homeland.

Tags: , ,

  • Juliany Uchôa

    Nossa, ela tá maravilhosa!!

  • Ricardo

    Firefly é uma das melhores séries já feitas, um dia ainda tatuarei a nave Serenity nas minhas costas em homenagem!! Chega até ser bonito um elenco que sente tanto por uma série que teve poucos episódios…Todos os atores citam a série em entrevistas ou até a homenageia nas novas séries que estão fazendo (como é o caso de Chuck e Castle)… Espero que a Morena faça qualquer referência à Firefly em Homeland!

    abraços!

  • Robson

    Linda mesmo!

  • Diego Heinrik

    Parabens pra ela. Fez a Ana muito bem e me deixou muito feliz ao vê-la em Homeland. É ótima naquilo que se propôe.
    E, preciso dizer, como ela é linda.

    Largo tudo por você, mulher! Vem ni mim! o/

    xD