Séries:

Crítica | A eletrizante quarta temporada de Bates Motel

normanbates

[contém spoilers] Logo depois de ter assistido ao primeiro ato desta quarta temporada de Bates Motel, escrevi uma pequena crítica comentando os avanços na trama e fiz a seguinte intervenção:

“Me pergunto, contudo, se já não seria a hora da série tomar uma decisão drástica e trazer o importante marco de sua história: a morte de Norma pelas mãos do filho, quando esse assumir completamente a personalidade dupla.

Isso inevitavelmente trará uma sobrevida à produção, ao mesmo tempo em que se reinventará completamente. Será que os roteiristas terão a coragem de fazer isso no final desta temporada? Acompanharei de perto.”

Foi então que para a minha surpresa, Carlton Cuse e sua equipe de roteiristas foram lá e fizeram justamente isso. Culhões, meus amigos! Norma Bates está morta! E agora? Desde o início desta temporada notei que as coisas estavam diferentes. Aquela infinidade de personagens secundários e tramas paralelas baratas diminuiu significativamente e a história passou a rodar praticamente centrada no núcleo “familiar” de Norman/Norma e com a perigosa inclusão do terceiro elemento, o Xerife Romero.

Daí pra frente a temporada se desenvolveu maravilhosamente bem, com episódios que elevavam cada vez mais o nível de insanidade de Norman e sua dependência emocional com a figura da “mãe”, desde às suas intervenções com o médico de Pineview (a cena em que Freddie Highmore conversa como Norma deveria garantir não só sua nomeação como a vitória em todas as premiações) como também seus constantes embates com o novo padrasto, que o ofereceu seguro médico e conforto financeiro.

batesmotel2

Do outro lado, a instável e problemática figura de Norma Bates – numa construção igualmente brilhante da atriz Vera Farmiga – que, incapaz de deixar seu filho percorrer o necessário caminho para seu tratamento e reabilitação, acaba cavando sua própria cova ao alienar tudo e todos à sua volta. Aliás, como atriz ela terá a oportunidade agora de recompor Norma através dos olhos de Norman na quinta temporada, o que será bastante interessante.

Aliás, toda a sequência que levou sua morte foi conduzida de maneira espetacular pelos realizadores, incluindo o excelente trabalho de maquiagem e iluminação que praticamente projeta o rosto do ator Anthony Perkins na cara de Highmore, como também a montagem, os efeitos visuais no duto, a trilha sonora macabra e, é claro, a performance dos atores.

A temporada agora abre caminho para entrar em seu quinto ano final (e a confirmação veio enquanto eu escrevia este parágrafo, veja só), emulando e provavelmente adaptando os eventos de Psicose, especialmente agora que Dylan e Romero estão fora da jogada. Aliás, abro parêntesis, me espanta a quantidade de gente que não só nunca assistiu ao filme, como não sabe que esta série é um prólogo dos eventos do clássico de Alfred Hitchcock, o mestre do suspense. Se você ainda não assistiu, a hora é agora (tem na Netflix, veja a versão original e não o remake de Gus Van Sant).

Bates Motel poderia muito bem prosseguir no automático como aconteceu em seu terceiro ano, mas ao introduzir este importante e inevitável fato da história, a série mostra uma coragem e segurança em conduzir as rédeas de sua narrativa e potencialmente encerrará em alta, o que é um alívio considerando o quanto produções sacrificam em termos de narrativa e qualidade atualmente para permanecerem indefinidamente no ar.

5stars

Bruno Carvalho
é crítico e especialista em TV, tradutor, advogado e fã de séries desde que foi fisgado por Friends em 1994 e hoje é o editor-chefe do site de séries mais seguido do Brasil! Contato: contato@ligadoemserie.com.br
http://twitter.com/ligadoemserie

Categorias: Bates Motel, Críticas

Postado em: 17/05/2016 | 16:43

  • pethy

    Sempre achei que a morte da Norma ficaria para a series finale….

  • GabrielElias

    Não consigo ler mais nada no site. Fica um quadradão preto na frente que não some nem a pau :(

  • GabrielElias

  • É um anúncio, só aguardar ele carregar (leva décimos de segundo) e clicar em fechar. Se está com problema tenta limpar o cache, aqui está normal. Abs!

  • Lidi

    Eu estava louca para ver como seria a morte de Norma, porém, depois que fui conhecendo-a e vendo o romance dela com o Romero, já estava torcendo para que a morte dela não chegasse. Mas é inevitável, é necessário para a trama… agora não sei lidar com isso. E não sei se odeio o Norman ou continuo gostando dele… essa vida de séries acaba com a gente. rsrs

  • vinland

    Eu sinceramente achei uma pena, terem matado a personagem. Quem assistiu psicose sabe que isso era inevitavel, mas acho que a serie perde bastante com a morte dela, principalmente nas cenas, em que mae, e filho interagiam, que era o que a serie tinha de melhor. Sem falar que em muitos momentos, a personagem de Vera Farmiga, trazia um certo alivio comico pra serie. Claro que isso nao quer dizer que ela saiu da serie, mas nao sera a mesma coisa, ver ela pela otica deturpada do Norman. Mas que venha o proximo ano.

  • Mar Tim

    Sensacional com grandes interpretações. Claro que eu queria + Norma & Romero, mas vamos seguir para Psicose :DD

  • Anderson Lima

    Esta temporada foi top demais. Eu estava imaginando como que eles fariam pra tirar o xerife e o irmão de Norma da jogada. Mas ainda acho que ambos irão aparecer sim na última temporada. Até porque, eventualmente o Dylan vai descobrir que a Norma morreu.

  • Filipe

    Achei que no Season Finale veríamos o Norman matar o Romero, como indicado lá ao final do Psicose, que tudo teria começado 10 anos antes. Mas depois pensei que o filme não explicita que as mortes ocorreram no mesmo momento. Então pode ser que isso venha a acontecer na temporada final. Falo isso pq imagino que a série não irá alterar os fatos narrados no filme.

  • Roberto Gomes

    Que série fantástica!! As interpretações de Normam e Norma sinceramente merecem todos os prêmios!! Texto primoroso, direção altíssimo nível! a 4 temporada sem sombra de dúvidas é a melhor de todas. E olha que a 1 eu achei que seria insuperável, pois foi muito top! Série que ficará para a história!!

  • Vitor Reis

    Só pra lembrar:
    “veja a versão original e não o remake de Gus Van Sant”

  • Vinicius Leo

    pq vc n avisou q tinha spoiler?