Séries:

Atriz de Stranger Things não recomenda 13 Reasons Why a todos

Shannon Purser, a Barb de Stranger Things, veio a público em seu perfil no Twitter para não recomendar uma série da própria plataforma em que trabalhou. Numa série de mensagens postadas em sua rede social, ela diz não recomendar 13 Reasons Why a todos:

Eu não recomendo assistir 13 Reasons Why se você atualmente lida com pensamentos suicidas ou se sofreu abuso sexual.

“[A série] Tem algumas cenas muito gráficas que podem facilmente despertar memórias dolorosas e sentimentos. Por favor, protejam-se.”

Após postar as mensagens ontem, a atriz retornou ao Twitter hoje para dar uma “amenizada” em suas declarações:

“Tem muitas coisas boas na série e eu não tenho dúvidas que ela é importante e pode ajudar as pessoas. Só tenham cuidado.”

O aviso da atriz, que inclusive já revelou publicamente lidar com depressão, é corroborada por organizações de saúde mental (como é o caso da Australiana), psicólogos e especialistas. No Brasil, inclusive, o crítico Pablo Villaça publicou um texto recomendando o mesmo logo depois de assistir a série, que viralizou e capitaneou diversas publicações como O Globo, Exame e Folha de São Paulo. Já o Huffington Post Brasil, por exemplo, listou 6 motivos para as pessoas não assistirem a 13 Reasons Why.

A Netflix Brasil, através de sua gerente de comunicação Amanda Vidigal, declarou ao Jornal O Globo:

“Trata-se de uma ficção, um produto de entretenimento, mas que aborda temas sensíveis e que necessitam de um certo cuidado. Esse cuidado existiu, a produção contou com a consultoria de profissionais de saúde durante todo o processo”

13 Reasons Why Stranger Things estão disponíveis na Netflix.

Bruno Carvalho
é crítico e especialista em TV, tradutor, advogado e fã de séries desde que foi fisgado por Friends em 1994 e hoje é o editor-chefe do site de séries mais seguido do Brasil! Contato: contato@ligadoemserie.com.br
http://twitter.com/ligadoemserie

Postado em: 18/04/2017 | 22:17

  • Bruno Xavier

    É um tipo de entretenimento que não é voltado pra todos os públicos de certa forma precisa ser avaliado no caso de pessoas mais sensíveis ou que passam ou passaram por alguma dessas situações, realmente talvez não seja tão agradável, mas a série tá ai, e também por outro lado levanta questões que muitos preferem deixar subtendidas ou nem se expressar sobre, quando mais se necessita da comunicação, e é o que a série vem trazendo, o debate sobre e isso é de suma importância quando tudo pode ser levado ao extremismo.

  • Leonardo Damaso

    isso tem uma via de mão dupla
    anota ai …ainda vai da merda