Séries:

Crítica | Silicon Valley reorganiza suas peças na 4ª temporada

O tabuleiro de peças do Vale do Silício vai sofrer mudanças quando a quarta temporada retornar neste domingo às 23h na HBO. A dinâmica até então estabelecida será drasticamente alterada quando Richard decide se desligar da Pied Piper para seguir seu próprio rumo, já que ele não gostou de ver seu revolucionário algoritmo usado para algo tão “prosaico” como um comunicador de vídeo no estilo Skype ou FaceTime.

Esse tipo de alteração é muito importante para uma série que chega em seu quarto ano, evitando-se tornar repetitiva ou andar em círculos. Isso porque toda a graça de Silicon Valley reside no fato dos programadores não obterem sucesso em suas empreitadas. Assim, a série se reinventa sem perder o foco em sua premissa, algo que Veep – pelo menos considerando o primeiro episódio do sexto ano – teve dificuldades de fazer.

Ainda que não tão afiada como a comédia estrelada por Julia Louis-Dreyfus, Silicon Valley estabelece-se com essa estreia como uma das melhores de seu gênero no ar. Repleta de personagens pitorescos, em especial Erlich (TJ Miller) e Jared (Zach Woods), a produção segue com os diálogos rápidos, inspirados e sempre atualizada tecnicamente, tal qual um software em constante aprimoramento.

Nesta versão, Richard (Thomas Middleditch) idealiza uma “nova” Internet utilizando o downtime dos celulares do mundo todo para criar uma rede efetivamente livre e pra isso ele se alia ao sempre politicamente incorreto Russ Hanneman (Chris Diamantopoulos), enquanto Jack e Galvin protagonizam uma guerra de egos própria, com direito a várias escalas com o jatinho da Hooli.

Divertida, a série promete pela frente uma temporada agitada, demonstrando ter fôlego para seguir bem por muito tempo, sabendo fazer graça e tecendo algumas bem-vindas críticas ao momentum tecnológico de um mundo cada vez mais conectado e dependente dos mais variados tipos de apps e tecnologias.

Bruno Carvalho
é crítico e especialista em TV, tradutor, advogado e fã de séries desde que foi fisgado por Friends em 1994 e hoje é o editor-chefe do site de séries mais seguido do Brasil! Contato: [email protected]
http://twitter.com/ligadoemserie

Categorias: Críticas, HBO, Silicon Valley

Postado em: 23/04/2017 | 18:39