FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Miranda

por Camila Picheth

Durante uma das minhas visitas ao fantástico mundo do Tumblr, um usuário afirmou ter encontrado uma série que personificava essa ferramenta. Como eu acho a linguagem e o ritmo de tal esfera muito interessante e divertido, fui rapidamente me atualizar. É necessário poucos minutos para se apaixonar pela sitcom britânica Miranda. Com o visual retrô inspirado nos anos 70 e um roteiro hilário, o seriado é escrito e protagonizado pela comediante Miranda Hart. Ela interpreta uma mulher de 1,85 m de altura com 34 anos, a qual acha situações sociais desagradáveis e é um constante desapontamento para sua mãe por não ser casada. Ela é dona de uma loja de brincadeiras e quem a gerência é sua melhor amiga, Stevie. Miranda sempre foi apaixonada por Gary e quando este vira chef de um restaurante perto de sua loja, ela vê a oportunidade perfeita para tentar algo além da amizade. No entanto, por não possuir muitas habilidades sociais, isso se torna um tanto difícil.

Antes de se tornar série de TV, a trama fazia parte de um programa de rádio, chamado Miranda Hart’s Joke Shop. Em 2009, a história foi adaptada para o formato de televisão, e começou a ser exibida pelo canal BBC Two. Miranda já possui duas temporadas e a terceira será exibida pelo BBC One (provavelmente em 2012). O seriado atingiu grandes números de audiência na Inglaterra, fazendo com que Hart ganhasse prêmios em eventos como o British Comedy Awards e fosse indicada em várias categorias do BAFTA. Neste ano, a série participou do evento Comic Relief, em que se arrecada fundos para caridade (Doctor Who participa com quadros todos os anos). Uma das melhores características da série é que Miranda constantemente fala com a câmera, trazendo o telespectador para dentro da história e tornando-o testemunha e cúmplice de suas aventuras. Todo o episódio começa com um monólogo da atriz, que então diz “anteriormente na minha vida…”, e nos apresenta situações inéditas. Miranda não é uma comédia inteligente, mas com certeza é engraçada. Nada melhor para assistir depois daquele dia estressante. Veja um teaser da série.

10 respostas para “Miranda”

  1. Existem excelentes séries britânicas. Outra comédia excelente de lá é Gavin and Stacey, que acredito estar indo para a oitava temporada. Maiores e mais bem vindas doses de sarcasmo, sem-vergonhismo e inteligência.

  2. vivi disse:

    nossa, eu adoro Miranda! é o tipo de série que se tem a impressão que só a gente vê! não conheço ninguém que assista. eu descobri sem querer, e vale muito a pena! acho que nossos gostos estão batendo, primeiro vi vc falar sobre it crowd, agora miranda…

  3. Vanessa disse:

    Adoro humor britânico. Terminei a primeira temporada de Miranda ansiosa para já começar a segunda. The IT Crowd é fantástica, assim como The Office (UK) e Skins, que não é comédia, mas é um exemplo de uma ótima série.

  4. Viviane disse:

    Discordo com a autora ao dizer que a série não é inteligente mostrar a capacidade de rir de si mesma nem sempre é facil principalmente quando se é alvo de tanta critica em minha vida eu só tive duas musas de inspiração e uma delas é Miranda, eu adoro Miranda Hart

  5. Raquel disse:

    A série é muito boa, bom texto, bons atores. Tem um quê de Lucille Ball.

  6. Eunice Dornelles disse:

    Também adoro a Miranda! Por favor, alguém me informe qual o horário e canal. Obrigada

  7. APiadaDoDias disse:

    Que fique registrado a importância de um brasileiro para a execução da série. Sem ele série não teria saído do papel. Gente importante na BBC.

  8. Giovanna disse:

    Onde eu posso assistir?

Deixe uma resposta

ss