FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Louie: Politicamente Incorreto e Imperdível

por Davi Garcia

Saber fazer comédia com piadas sobre racismo, minorias, orientação sexual e afins é para poucos. Se usam da escatologia então nem se fala, afinal, é tênue a linha que separa graça do mau gosto e são raros os exemplos cujo resultado fuja de apelações baratas e pueris. Nesse contexto, assistir Louie, sitcom que estreou no final de junho de 2010 pelo FX americano (e que permanece inédita na tv brasileira), é ter a certeza de que o humor ácido e inteligente ainda pode ter espaço na tv e render boas risadas.

Estrelada pelo comediante Louis C.K. (que também produz, escreve, dirige e até edita!), a série de temática adulta e que atualmente encontra-se em sua 2ª temporada, foi uma surpreendente novidade da mid season do ano passado, tradicional período que as redes usam para testar novas produções. De forma geral, não há nada absurdamente original em Louie, mas ao combinar com eficiente equilíbrio sequências de standup comedy com dramatizações curiosas sobre a vida e os relacionamentos de seu protagonista, a série se destaca pela ousadia e pela coragem com que extrai graça das mais diversas e corriqueiras situações e diálogos.

Centrada totalmente em Louie, um quarentão divorciado que enxerga a vida e suas relações de maneira absolutamente pessimista (mas não menos objetiva e clara), a série faz leituras bem curiosas e divertidas de cenários do cotidianodo protagonista, que apesar de ser um sujeito com senso crítico apurado em muitos aspectos, se revela inseguro e com baixa auto estima em muitos outros, o que de certa forma acaba conferindo um charme extra ao personagem e verossimilhança. Além disso, como Louis C.K. é o produtor, roteirista, diretor e editor da comédia, acaba conferindo a ela um toque bastante íntimo e pessoal, diferente de outras produções do gênero.

Dizer que Louie vai se tornar um novo clássico do gênero na linha de Seinfeld ainda é prematuro, mas dada a impressão deixada até aqui, dá para afirmar sem qualquer receio que a perspectiva é muito boa. Afinal, com roteiros que fazem piada de forma audaciosa através de críticas sociais e até religiosas (o que é sempre um vespeiro), Louie jamais se priva de usar o politicamente incorreto como seu elemento chave para fazer rir. Agora, se os argumentos que reuni nesse texto ainda não te convenceram a conferir a série, dá uma olhada na participação especial que o Ricky Gervais fez no início da produção e depois responda: tem como resistir?

Aqui a visão de Bruno Carvalho sobre a 1a temporada de Louie.

9 respostas para “Louie: Politicamente Incorreto e Imperdível”

  1. Eduardo Fonseca disse:

    Indo assistir agora!

  2. Rodrigo disse:

    To morando nos Eua, e a quinta-feira é sagrada com Wilfred e Louie.

    Falando no Louie, nunca sei o que esperar do novo episódio. Ás vzs aparece um drama forte mas inteligente, e outras comédia esquizofrênica. Porém, sempre com bom gosto.

    Abs.

  3. Rodrigo Otávio disse:

    Por falar em politicamente incorreto, vc tá vendo Curb Your Enthusiasm, Davi? Episódio deste domingo teve participação DO Ricky Gevais também.

  4. Davi Garcia disse:

    Ótima lembrança sobre Wilfred, Rodrigo. É outra série de humor negro que tenho curtindo bastante.

    Sobre Louie, o que eu acho mais curioso nos episódios é essa contradição entre o humorista no stand up (sempre sorridente e confiante) e o quarentão carrancudo com um ar meio deprê que vemos nos pequenos momentos de sua vida particular. É uma mistura genial.

  5. Davi Garcia disse:

    Rodrigo, tô atrasadíssimo com Curb, infelizmente, mas só tenho visto elogios para essa oitava temporada. Preciso colocá-la em dia logo.

  6. Acho que Louie não vai ser um “Seinfeld” pq não tem Kramer, George ou Elaine. Mas é muito bom.
    Tem ainda a série Lucky Louie (só vi uma temporada) em que ele está casado e tem uma filhinha. Tem um ep. sobre sexo anal que é antológico.
    BTW, Curb fica cada vez melhor, destilando o veneno Larry David.

  7. Tom disse:

    Acho Louie genial, mas acho que a comparação com Seinfeld para no palco de stand-up.

  8. Bruno Carvalho disse:

    Correto. Também comentei isso quando a série foi lançada e surgiram as comparações. De Seinfeld não tem nada. Louie é única na TV.

  9. […] comédias, não tenho a menor dúvida em apontar que Community é a melhor da atualidade com Louie vindo logo […]

Deixe uma resposta

ss