FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

O Purgatório do Subúrbio e o 1º Voo da Pan Am

Por Davi Garcia

O dilema da mudança e da necessidade de ter que se adaptar a um ambiente relativamente hostil. Basicamente, é disso que trata Suburgatory, comédia que estreou no dia 28/9 na ABC e que pretende narrar as desventuras de um pai solteiro e sua filha adolescente que, ao se mudarem de Nova Iorque para um bairro tranquilo do subúrbio, encaram o choque dos costumes e comportamentos pouco ortodoxos, digamos assim, dos habitantes locais. Emulando a fórmula do filme Mean Girls (Meninas Malvadas) subvertendo-a levemente ao dividir a questão da figura deslocada entre o pai e sua filha adolescente (ele, feito por Jeremy Sisto de Law & Order e ela pela novata Jane Levy de Shameless), a série até tem alguns brevíssimos momentos engraçadinhos no Piloto graças ao mau humor rebelde da protagonista pouco disposta a ceder ao modismo representado por uma das patricinhas locais ou à influência da esquisita mãe desta. Contudo, como fica claro desde cedo que essa parece ser uma dessas comédias de uma piada só (que eventualmente apela para gags como a de personagens caindo numa piscina enquanto falam ao telefone, por exemplo), duvido que ela consiga se sustentar de forma sólida. Mas vai saber, né?

Conceitualmente, Pan Am, drama novato também da ABC que estreou lá fora no dia 25/9, tem elementos bem atrantes. Com a trama se desenrolando em 1963, a produção de época é eficiente na ideia de mostrar, sob a perspectiva  de uma tripulação da já extinta Pan Am, histórias que ocorrem entre um voo e outro ao redor do mundo e que consideram o contexto político e social do período (a guerra fria, a independência da mulher e etc.). Dito isso, é uma pena que o episódio Piloto se preocupe tanto em apresentar todos os personagens principais de uma vez só através de flashbacks curtos e atropelados, porque a decisão acaba por minar a fluidez da narrativa ao cuspir informação demais sobre muita gente num curto período de tempo. Ainda assim, mesmo com problemas aqui e ali, Pan Am parece surgir com uma proposta curiosa que, mesclando romance e conflitos pessoais com uma trama de espionagem internacional, pode render bons frutos. Se a sequência nos revelará uma série que valha à pena ser seguida eu não sei, mas confesso que fiquei relativamente curioso para ver o que acontecerá nos próximos 2 ou 3 episódios. Período mais do que suficiente (no meu entendimento) para que qualquer produção se prove minimamente atraente ou não.

E vocês, já tiveram a oportunidade de conferir alguma das duas? Pretendem fazê-lo ou já desistiram das novidades dessa Fall Season?

11 respostas para “O Purgatório do Subúrbio e o 1º Voo da Pan Am”

  1. Bianca Chaves disse:

    Eu vi apenas Suburgatory e, já desisti… Só n desisti antes de terminar, pq assim como vc, esbocei algumas risadinhas. Achei muito estereotipado e, sinceramente, me surpreenderá se for renovado… Pam Am, vou ver só pq falou mais ou menos (rsrsrs). Pq essa Fall Season está tãaooo fraca??? Adoro essas reviews de vcs!!

  2. Olá, Bruno!

    Discordo um pouco de você somente quando fala sobre apresentar os personagens de uma vez só. Acho que a série foi eficiente nesse sentido. Pra mim, apresentando de maneira rápida, ela deu um panorama do que pretende mostrar.

    Mas, fora isso, concordo contigo. A produção de Pan Am é bem interessante e, por se passar numa década cheia de acontecimentos, eu espero que ela consiga tratá-los também de maneira eficiente. Ainda não vi muita coisa na personagen da Christina Ricci, mas tomara que ela também cresça nos próximos episódios.

    Foi um ótimo “Pilot”, na minha opinião. Tá aí uma série que eu pretendo acompanhar nessa fall season. Vamos ver até onde ela consegue ir, né? Não sei como foi a sua audiência, mas me disseram que conseguiu se equilibrar bem.

    Abração, Bruno!!

  3. Bruno Carvalho disse:

    Prezado, o autor do texto é o Davi.

  4. Não vi (nem pretendo) Suburgatory, mas até que gostei de Pan Am e estou esperançoso de que a série se mostre interessante! =]

  5. Cianaly disse:

    Desde que ouví sobre Pan Am e comecei a ler sobre o roteiro, já gostei “de cara”!! Série diferente que tem tudo pra ser ótima ao esplorar todo o contexto daquele período. Gostei ainda mais quando ví que tem Christina Ricci no elenco, sou muito fã dela e quero ver como os roteiristas vão explorar todo o talento que ela tem a oferecer. Ainda não ví o ep., mas acredito que essa série será muito boa.

  6. hahahaha Desculpa, Bruno!! É o costume, me perdoe =D

    Davi, onde tem “Bruno”, substitua pelo seu nome auihsuihsuhisuhis

    Abração, gente!!

  7. Tudo bem, Bruno.

    Bom eu só vi Pan Am, e gostei. Assim como você mesmo disse, fiquei curioso para ver o que está vindo por ai.

    Acho que os dois próximos episódios podem mostrar muito bem por onde segue a narrativa, sem contar a estonteante presença de Christina Ricci, que com o tema independência da mulher pode gerar ótimos frutos para os nosso olhos.
    Bom é simplesmente esperar para ver.

  8. @fernandoironic disse:

    Eu dormi assistindo Pan Am, quero ver se crio coragem de ver novamente. AHAHHAHA Fui ver Suburgatory porque disseram que tinha uma influência de Desperate Housewives, mas só a questão do subúrbio mesmo. Dessas séries adolescentes, eu gostei de Awkward da MTV. A protagonista tá bem no papel, o texto exagera um pouco em alguns aspectos, mas foi a que gostei. E achei Suburgatory bem parecida com Awkward.

  9. tamy disse:

    Achei legalzinho suburgatory, segue a mesma linha de awkward.
    Quanto a pan-am queria saber se os outros episodios corresponderam à expectativa criada pelo piloto, Davi.

  10. Davi Garcia disse:

    Pan Am tem episódios bem regulares, Tamy. Nada absurdamente empolgante, mas tampouco ruim a ponto de me fazer abandonar a série. Em suma, por enquanto continua sendo uma série com boas intenções, mas só ;)

  11. URL disse:

    … [Trackback]…

    […] Read More: ligadoemserie.com.br/2011/09/o-purgatorio-do-suburbio-e-o-1o-voo-da-pan-am/ […]…

Deixe uma resposta

ss