FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

SouthLAnd: Community

Por Davi Garcia

[contém spoilers do ep. 4×03] O que acontece quando a polícia se omite da tarefa de servir e proteger permitindo que gangues e cidadãos comuns resolvam suas diferenças livremente sem interferência? O bom terceiro episódio desta temporada de SouthLAnd faz essa pergunta e mostra as consequências de uma escolha feita por Bryant (motivada indiretamente pela vingança da morte do ex-parceiro Nate), ao passo em que coloca Cooper e a oficial Tang aplicando a “lei” do olho por olho numa situação boba envolvendo uma agressão na rua e também quando discutem medidas radicais contra estupradores e pedófilos ao lidarem com atos de violência contra um ex-condenado que sofre seguidos atentados cometidos por vizinhos ‘cristãos’. Marcante e ousada na abordagem dos mais variados temas envolvendo o papel da polícia e o comportamento dos policias no duro dia a dia das ruas, SouthLAnd humaniza e dá uma dimensão sempre complexa a personagens que caminham o tempo todo na tênue linha entre certo e errado.

Uma resposta para “SouthLAnd: Community”

  1. Episódio fantástico mesmo. A cena inicial/final foi ao mesmo tempo chocante,como compreensiva,já que fomos “avisados” ou pelo menos sabíamos da possibilidade da chegada daquele fim.

    Adoro as duplas novas,Tang e Cooper se dão muito bem,ate melhor do que Cooper se dava com Ben,ja esse tem um introsamento perfeito com Sammy (no episódio 5,onde pregam pegadinha após pegadinha um no outro mostra isso muito bem).

    E não há muito o que dizer de Southland,a melhor série policial atual,e talvez a melhor desde que The Wire acabou.

Deixe uma resposta

ss