Once Upon a Time: An Apple Red as Blood

Read Time:2 Minute, 21 Second

[com spoilers do episódio 1×21] “Toda a mágica vem com um preço”. Esse foi o aviso repetido inúmeras vezes por Rumpelstiskin/Sr. Gold, um aviso que foi ignorado por todos, mas que teve a maior consequência no penúltimo capítulo da primeira temporada de Once Upon a Time, An Apple Red as Blood. A heroína de Storybrooke, Emma Swan, permaneceu cética sobre a maldição mesmo após várias tentativas do seu filho Henry e o misterioso August – que descobrimos no capítulo passado ser o Pinóquio – em convencê-la. Como era de se esperar, a liberdade de todos depende justamente da crença de Emma na maldição.

Desde o início da série fiquei muito curiosa para saber como seria o momento definitivo em que a Xerife Swan começaria a ter fé nas palavras de Henry, e devo dizer que não me decepcionei nada com a solução criada. Regina teve a ajuda de Jefferson/Chapeleiro Maluco para resgatar uma antiga e eficiente maçã envenenada, a mesma que ela utilizou com Branca de Neve. Para os que não lembram, a maçã envenenada mantém a vítima adormecida, resolvendo assim o problema da Rainha Má (que não pode matar de fato Emma, pois isso também daria o fim na maldição). Imaginem então a minha surpresa quando vi Once Upon a Time aproveitar o ótimo gancho que a maçã oferecia e fazer com que Henry comesse o doce que Regina cozinhou para Emma, provando para a salvadora que de fato a maçã era envenenada e, ao mesmo tempo, servindo como o preço alto que a magia utilizada pela Rainha Má cobrava. A única coisa que faria Emma abrir os olhos para a realidade seria Henry, mas as palavras do menino nunca foram suficientes, por isso achei interessante o terem colocado nesta situação de risco. Foi assim que An Apple Red as Blood terminou, com a coragem e determinação do pequeno Henry em provar que a maldição é real.

O capítulo ainda contou com ótimas cenas no reino encantado, onde vimos a maioria dos personagens das fábulas engajados em resgatar o Príncipe Encantado e vencer a Rainha, deixando o clima mais tenso. Seria interessante se na season finale fossemos presenteados com um grande confronto entre eles e Emma com Regina, assim como aconteceu em seu sonho. Entre altos e baixos, Once Upon a Time manteve uma primeira temporada interessante, prendendo a atenção do telespectador. Mesmo que seja renovada para a segunda temporada (informação que foi confirmada pela atriz Jennifer Morrison), a série ainda precisa melhor muito em alguns aspectos, principalmente nos efeitos especiais que empobrecem as histórias, mas por enquanto só nos resta esperar que Once Upon a Time finalize bem essa primeira etapa, o que não significa que a maldição precisa acabar. E vocês, o que esperam para esta season finale, Storybrooke livre ou não do feitiço?


Notice: Undefined offset: 0 in /var/www/vhosts/ligadoemserie.com.br/httpdocs/wp-content/plugins/booster-extension/inc/frontend/author-box-shortcode.php on line 20

About Post Author

Bruna Bottin

é fã de séries, estudante de Relações Públicas na UniRitter e autora convidada do Ligado em Série.
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

ss