FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Preamar: O Mergulho

Estreou no último domingo na HBO a série Preamar, de Estevão Ciavata, drama nacional que conta a história do executivo João Velasco, um sujeito que depois de dispensado pelo banco de investimentos que trabalhava em virtude de uma operação “pirâmide” mal sucedida, inventou para a família que precisava tirar um “ano sabático” para cuidar da saúde. João é um cara de poucas palavras, aparentemente sem amigos, preocupado com os filhos e marido num casamento estagnado e sem graça. Seus filhos são adolescentes apáticos, mimados e desinteressantes, assim como a mulher gastadeira e frívola, que somente quer saber de fazer cursos de arte e comprar quadros caros. Investindo de cara em uma estrutura narrativa não linear, que mescla flashbacks com acontecimentos presentes (o que é bem-vindo), a série gasta um tempo excessivo estabelecendo a complicada situação do protagonista, que precisa arrumar uma forma de sustentar uma família de classe alta em Ipanema, enquanto esconde que está desempregado. Os diálogos são pouco inspirados e, em muitas ocasiões, soam inverossímeis pelo excesso de formalidade e pontuações ensaiadas.

O piloto, assim, acaba transcorrendo de forma arrastada, apresentando os personagens sem muito desenvolvê-los e focando grande parte do tempo na melancolia que João se encontra ao se lembrar de sua trajetória recente no banco. A composição de Velasco pelo ator Leonardo Franco é satisfatória, mas ele poderia surgir com mais carisma em tela para que de fato nos importemos com seu destino (algo que Mary-Louise Parker faz muito bem em Weeds, série que tem uma premissa semelhante). A grande virada de João, quando ele descobre que pode fazer dinheiro no mercado praiano que fica bem em frente a sua casa, somente vem nos instantes finais deste primeiro episódio, que ainda se encerra com um enorme anti-clímax após o tal mergulho do título. Ele percebe que o mercado ambulante da praia pode render, mas a série não dá qualquer indício de como ele irá fazer isso (algo que precisava constar no piloto para reforçar o seu argumento). Preamar tem uma bela fotografia que evoca o melhor das paisagens do Rio de Janeiro e conta com uma produção caprichada, especialmente nas cenas externas gravadas nas próprias praias da cidade. Há ali os elementos de uma interessante história, mas que precisam ser melhor distribuídos.

Preamar é exibida todo domingo às 21h na HBO, com reprises ao longo da semana (veja a programação). A 1ª temporada terá 13 episódios e é uma produção da Pindorama Filmes para a HBO LatinAmerica.

9 respostas para “Preamar: O Mergulho”

  1. A.B. disse:

    achei a abertura cansativa e vazia…. sei la. Mas o resto não foi tão ruim, melhor, não tão ruim pra um único episodio. Se for levar em conta que é o primeiro episódio a coisa foi meio lenta e arrastada e se continuar nesse mesmo ritmo e foco sei la se passa de uma temporada.

  2. Marlom Souza disse:

    É impressionante como que as reviews daqui são mais técnicas e completas do que a maioria dos sites. A review do Séries Maníacos acabou de sair e é um amontoado de clichês, o carinha acha tudo “genial, genial”, fala bem e se contradiz e não da nada a entender. Parece até que eles tem esquema com a produtora pq mais elogia e enaltece a série do que analisa de verdade. Vcs estão de parabéns por selecionarem bem quem escreve aqui e por prezar pela qualidade ao inves de quantidade.

  3. Lauradalves disse:

    Piloto intragável! ja larguei! como é que a HBO tem coragem de passar isso no mesmo dia e abrindo pra Game of Thrones??

  4. O Paulo Antunes do TeleSéries também teve uma impressão semelhante à nossa do piloto de Preamar: http://teleseries.uol.com.br/preamar-as-primeira-impressoes-da-nova-serie-da-hbo/

  5. Leo disse:

    Concordo com o Marlom, logo abaixo, acacbei de assistir e pra mim foi uma decepção a estréia. Esperava muito mais de uma produção HBO. Acabou pecando no que mais falta às produções brasileiras em geral: Roteiro. A conversa do protagonista com seu sócio(?), foi completamente inverossímil, tratou o espectador como tolo como se não pudesse perceber como funcionam as relações entre sócios. Piada total. Uma pena porque prometia…

  6. bem fraco o primeiro episodio. mas a Jessika Alves é muito gata. hehehe

  7. Lana Brasil12 disse:

    Eu li sobre essa nova série e eu acho que é muito
    bom ter o ator Leonardo Franco
    trabalhando nela. Eu acho que o contexto de Preamar é muito interessante, diferente de todas as
    séries atuais. Eu quero continuar assistindo essa série.

  8. Thiagolsanders disse:

    2 temporada quando sai?????

  9. gisele disse:

    ?cade a segunda temporada

Deixe uma resposta

ss