FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Game of Thrones: Valar Morghulis [Season Finale]

[com spoilers do episódio 2×10] Tal qual o final da 1ª temporada, o deste segundo ano de Game of Thrones também não foi dos mais empolgantes. Se por um lado ele foi eficiente ao revisitar todas as tramas paralelas exploradas até então dando pequenas resoluções a algumas delas (e nisso destaque evidente para a de Daenerys em Qarth, claro), por outro criou um anticlímax muito grande para as demais como aquela de Winterfell, por exemplo, quando vemos o conflito de Theon Greyjoy se esvaziando numa pequena traição que salva sua vida, mas afasta a possibilidade de um confronto imediato dele com Robb Stark, àquela altura mais interessado em casamento do que na vingança prometida.

Decepções à parte, seria injusto dizer que o episódio não teve méritos por concluir essa boa 2ª temporada deixando um gostinho de quero mais que foi surgindo em momentos marcantes como aquele em que Tyrion desperta para descobrir que perdera toda a influência que tinha até então além de não receber o reconhecimento acerca do que fizera para proteger King’s Landing (algo que sua conversa com Varys deixa bem claro). Ou ainda naqueles em que Daenerys surpreende-se com uma visão de Khal Drogo segurando o filho que eles não tiveram e derrota a bruxaria de Qarth recuperando a posse de seus três dragões. E como se esses importantes eventos já não fossem suficientes para criar altas expectativas para a sequência da série, eis que GoT se despede dando um até logo com a promessa de que a guerra recém iniciada, conforme destaca Melisandre a Stannis, tem players realmente muito mais assustadores do que os manipuladores e tiranos dos sete reinos jamais poderiam imaginar. Dracarys!!! Um apocalipse zumbi épico vém aí!

Comentários de Bruno Carvalho

Em meio a magias, zumbis, walkers (alô The Walkind Dead!), shapeshifters (alô True Blood!) e velhos que se multiplicam, confesso que gosto muito mais da Game of Thrones que lida com trapaças, traições (e certa baixaria). Não que não aprecio o tom místico empregado à trama (é um elemento positivo), mas gostaria muito que o final tivesse mais foco na estratégia política (que Tyrion Lannister, por exemplo, domina) do que no sobrenatural. Sim, como eu disse há pouco no Podcast, não sou leitor de Martin e não tenho a menor ideia do que esperar. Valar Morghulis teve momentos excelentes, como o da retomada por Daenerys de seus dragões, o discurso motivado de Theon e, claro, as aparições no norte, mas acabou funcionando mais como uma ponte para os próximos capítulos (que veremos só em 2013) do que como um belo e impactante desfecho para esta intensa temporada. Ainda assim, Game of Thrones continua figurando nas primeiras posições da seleta lista de melhores dramas atuais.

26 respostas para “Game of Thrones: Valar Morghulis [Season Finale]”

  1. Kassycampos disse:

    Preferi a 1ª temporada. Tinham mais conspirações, e uma mistura equilibrada de suspense e ação. achei a 2ª um pouco monótona.

  2. Fabibahia disse:

    Gosto muito da serie. Concordo que uma das melhores ultimamente, mas nao achei que o ultimo capitulo cumpriu seu papel. Se nao soubesse que era o ultimo continuaria esperando mais…

  3. Cakki disse:

    Muito bom o episódio!

    Encerrou todas as tramas apresentadas na temporadas, deixando as pontas abertas para a terceira temporada (que promete e muito!).

    Destaque pras cenas do Tyrion acordando e descobrindo que levou um “foda-se” do resto da família Lannister; Dany na Casa dos Imortais; Theon sendo traído em Winterfell; e Arya com Jaqen!

    Gostei bastante tbm da tomada de Winterfell totalmente destruída e pegando fogo… Que tristeza!! =(

    Ah, nada como terminar o episódio com os White Walkers chegando ao Punho dos Primeiros Homens!! Pobre Sam!!!

  4. Juquinha9999 disse:

    Quem leu a porra do livro vai pra pqp… isso é serie e nao livro!!!!!!!! dar spoiler pra quem não leu é coisa de canalha

  5. alguém sabe de um site pra baixar em .mkv?

  6. Harysomn disse:

    só vejo galera dizendo que curti mais a primeira temporada, mas é óbvio que a primeira foi melhor pq o primeiro livro foi melhor, o segundo livro é mais político que ação e digo até mais, as poucas batalhas que tiveram preferir muito o mostrado na HBO, pq no livro nem descrição das batalhas tinham, era só os personagens falando que teve confronto sei lá onde e que fulaninho venceu. Enfim, segunda temporada terminou muito boa com spoiler para quem ainda não leu o terceiro livro ‘-‘ O INVERNO CHEGOU lol

  7. DouglasL... disse:

    Eu não estava esperando muito desse finale não, estava preparado pra um igual a 1° temporada, mas foi bem melhor mesmo! Gostei, apesar de se basear bem na guerra!
    Mas concerteza não perde o trono de melhor drama!

  8. DouglasL... disse:

    Apesar da 1° temporada ter sido melhor o finale da 2° temporada foi muito bom!

  9. mmsneto disse:

    kat.ph, lá vc baixa torrent.

  10. M Vernaschi disse:

    Tô muito confusa, os selvagens não são os caminhantes brancos?

  11. Sandrita0210 disse:

    não, são 2 grupos totalmente diferentes, mas se por exemplo um selvagem morrer, ele pode se tornar um White Walker.

  12. Raquel Alves disse:

    Achei essa temporada boa meio zzZZZZzz,  mas boa, a primeira foi melhor, contudo os ganchos lançados nesse último episódio me encheram de esperança e me fizeram ansiar pela próxima temporada.

    Os Walkers foram sensacionais e “lindos”, eu espero por eles desde o primeiro episódio.
    Arya sendo foda é algo que também espero na próxima temporada, o Robb tem um exercito inteiro para salva-la e a garota vai voltar pra casa sozinha (eu acho), hahaha…
    O Tyrion, quero ver o que ele vai fazer para se sobressair aos outros, já deu pra perceber que o jogo político lhe dar prazer, assim como o Bruno, eu prefiro essa parte na trama.
    E Daenerys nesse plot “Run the world”, acho foda, não vejo a hora dela botar fogo em tudo.

  13. Felipe Dias disse:

    Na verdade é mais complexo que isso. Uma coisa são os mortos que voltam, outra são os White Walkers.

    Os White Walkers são de uma raça totalmente distinta dos homens vinda das Terras de Sempre Inverno, ao extremo Norte de Westeros, e eles tem a habilidade de fazer os mortos dos homens voltarem como “wights”, que são meio que zumbis que só morrem (de novo) pelo fogo, ou por aço de dragão. Um selvagem que morre pode se tornar um “wight” pelos White Walkers, mas ele não vai ser um White Walker.
    Trocando em miúdos: Selvagens = povos que vivem para lá da Muralha, descendentes dos chamados Primeiros Homens, que foram expulsos de Westeros pelas Casas Nobres.Wights = Mortos humanos que são reanimados pelos White Walkers para lhe servirem como soldados.White Walker = criatura humanóide branca de olhos azuis brilhantes que o Sam vê no final do episódio.

  14. M Vernaschi disse:

    Gente esse Felipe Dias é bom nisso heim!

  15. Ivanlcarvalho disse:

    Só eu tive a impressão que a Sansa tinha aceitado fugir com o Clegane no final do 9º episódio? No season finale a aparece em King’s Landing como se nada tivesse acontecido.

  16. Wellington disse:

    Também achei estranho a parte da Sansa. Na verdade a única coisa que ficou mal explicada nesse episódio 2×10. 

  17. Felipe Dias disse:

    A Sansa recusou a proposta do Clegane. “Stannis não vai me ferir”. Muita gente confundiu isso, a série deveria ter deixado mais claro.

  18. Bruno disse:

    Lembro quando os últimos episódios das temporadas não tinham todas essas expectativas. Era até normal no penúltimo episódio a história fechar para no último episódio aparecerem pistas do que seria a próxima temporada… Essa mania desde Lost de fechar com um super episódio cheio de reviravoltas me incomoda

  19. Bersaba disse:

    Não tinha como eles fugirem do gostinho de quero mais, gente, a história está apenas começando, não tinha como eles “terminarem” nada nesse finale…agora q o navio está saindo do porto, a viagem apenas começou, preparem-se! ;)

  20. Bom, eu curti bastante a  serie, também achei a primeira temporada bem mais empolgante. O que dizer pra quem ainda não assistiu? ASSISTA! Não tem como não gostar… Ansioso pela 3ª temporada, pena ter de esperar um ano pra isso.

  21. Paulo Júnior disse:

    Alguém me responde: em algum momento é explicado por que os Targaryen não queimam no fogo? Por que Viserys queimou, então? Por que aquele careca se multiplica? Qual é a dos sonhos estranhos que a daenerys e o Bran e o Rickon tem? Qual é a da troca de face do Jaqar? Não quero spoilers, quero só saber se as coisas vão ser explicadas em algum momento.

  22. Paulo Júnior disse:

    Ah, e a segunda temporada foi infinitamente melhor que a primeira.

  23. Paulo Júnior disse:

    ta, mas por que, oh meu deus POR QUE, ela recusou???

  24. Jarbas disse:

    Se você fosse uma garota virgem em época medieval, andaria sozinha com um brutamontes beberrão? I don’t think so.

  25. Jarbas disse:

    Só uma pequena correção: o que usam contra eles efetivamente é vidro de dragão ou obsidiana (aquilo que o Sam acha enterrado na segunda temporada). Aço de dragão é aço valiriano, que supõe-se que também funcione.

  26. Felipe Dias disse:

    Eu achei muito paia os zumbis do game of thrones em comparação aos de the walking dead, eles são menos realistas, mas eu quero ver mesmo é os dragões voando sobre westeros

Deixe uma resposta

ss