FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

The Walking Dead: Enfim, o Governador!

Personagem icônico da HQ finalmente aparece na série

[com spoilers do episódio 3×03] Quando David Morrissey foi anunciado como intérprete do Governador, tive dúvidas se ele seria uma escolha acertada. Ator de trabalhos pouco memoráveis (lembram dele em Instinto Selvagem 2?), o inglês de 48 anos tinha uma cara limpa demais para personificar O antagonista de um dos melhores arcos da HQ de The Walking Dead, pensei na ocasião. Contudo, considerando a primeira impressão deixada pelo personagem, já me arrisco a dizer que estou convencido de que o cara foi mais um golaço dessa nova fase da série comandada por Glen Mazzara. E a razão é simples: a versão live action do personagem, aparentemente pode ser ainda mais assustadora do que sua contraparte dos quadrinhos porque, diferente daquele que tinha um visual instantaneamente relacionável ao de um vilão, o da série surge como um líder de cara limpa com retórica manipuladora e que tenta vender sua Woodbury como o paraíso no fim do mundo ao mesmo tempo em esconde uma natureza obscura (refletida pela admiração demonstrada por sua bizarra coleção de cabeças) e que se manifesta mais abertamente durante o massacre que protagoniza naquele acampamento do exército.

Considerando esse panorama, é fato que após aqueles dois episódios absurdamente tensos e movimentados na prisão, “Walk With Me” representou uma pisada no freio, mas uma que se faz salutar no momento em que a outra parte da trama dessa 3ª temporada precisa ser desenvolvida para fomentar um novo conflito melhor e maior que ameace Rick Grimes e cia. Assim, é curioso ver que ao passo em que Andrea surge levemente seduzida pelo papo do Governador e pela promessa de ter um porto seguro, a ainda misteriosa e defensiva Michonne, fiel às suspeitas que nutre desde os primeiros contatos com aquele grupo (que tem Merle como membro), aparece pouco disposta a evitar qualquer confrontação maior com o homem que, ao que tudo indica, quer tê-las como novas pets de estimação não tão diferentes assim dos zumbis que a dona da catana mortal carregava a tira colo pouco antes de chegar a Woodbury. As questões que se colocam a partir disso são: será que o Governador pretende usá-las como cobaias em algum experimento doentio liderado pelo inseguro Milton ou apenas ganhar a confiança delas para se aproximar da prisão agora habitada pelo grupo de Rick que Merle já pode (ou não) ter encontrado? Que os próximos episódios respondam essas questões e tragam o mesmo nível de choque visto neste arco do material de origem. Os fãs agradecerão.

14 respostas para “The Walking Dead: Enfim, o Governador!”

  1. Levy Santos disse:

    Estou lendo os quadrinhos, mas ainda não cheguei ao arco do Governador,ele me passou as seguintes impressões:assassino frio, psicótico, mentiroso, manipulador,cínico, dissimulado, e tenho certeza que a lista não para por aí, os episódios vindouros certamente o mostrarão em toda a gloria a sua impressionante figura. Comecei a ler ontem o livro “A ascensão do Governador”, já era meia noite e pouco e eu não conseguia parar de ler, é viciante.

  2. Carol disse:

    David Morrisey pode até não ter feito lá tantas coisas boas no cinema, mas seu currículo no teatro e televisão ingleses são invejáveis. Perfeito pro papel!!

  3. Ismael disse:

    Spoiler em crítica é brabo.

    Esse final foi completamente coisa de quem fica lendo quadrinhos, não há nada no episódio que indicasse a suspeita sobre o desejo do governador querer a prisão.

  4. Leia o HQ primeiro antes do Livro, se não perde a graça, ao menos o Arco do Governador. :D

  5. dudenews disse:

    Sim não há, mas você acha que o fato de terem mostrado alguém observando a Carol de longe serviu para quê? É claro que a trama do Governador tem tudo a ver com a prisão e para isso não precisa ter lido HQ para deduzir.

  6. Ismael disse:

    Não mostraram quem observada· Só mostraram a “visão da câmera”, não quem via. Juntou muitas peças do nada(ou dos quadrinhos).

    E depois que comentei, lembrei de um spoiler muito maior que foi dado aqui.

    Ao encontrarem a prisão no 1º episódio, eu pensei q ela era já era do governador. Tudo devido aos artigos feitos aqui entre as temporadas.

    Comento porque se tomam o cuidado de colocar em cada artigo o aviso de spoilers para o episódio, não tem sentido ficar “spoilando” arcos ou temporadas inteiras.

  7. Grui Sanger disse:

    David Morrissey ficou perfeito como o governador.e o livro a ascensão do governador e viciante mesmo

  8. DaniSpindula disse:

    Não é spoiler se todo mundo já sabe, vc não deve ter assistido a promo da 3ª temporada então… mostra até o governador chegando na prisão e Rick dizendo que não vai deixar ninguém tomá-la.

  9. Ismael disse:

    Isso, eu evito assistir de todas as séries.

    Porque sim, é spoiler, mesmo que feito pelo próprio produtor.

    Fazem isso em trailer de filmes e estragam.

  10. MicaRM disse:

    Exatamente. Aliás, quando vi o comentário na crítica já pensei: ele não conhece muitos trabalhos ingleses…pq o David Morrisey é bem reconhecido por lá e respeitado também.

  11. Alex disse:

    Uma das melhores Reviews De The Walking Dead vem desse Site :D

  12. Danilo disse:

    Antes do começo do review já tem um aviso de spoiler (como sempre aqui nesse blog). Se não queria spoiler, que não lesse o review.

    E não há como desvincular a série da HQ, já que é uma adaptação dos quadrinhos.

  13. vercetti disse:

    Cara, larga mão de ser chato. O cara não deu spoiler nenhum. Qualquer ameba com sistema nervoso com neurônios capazes de realizar uma sinapse já vinculou o Governador à prisão. Haters gonna hate.

Deixe uma resposta

ss