FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Reprises de Seinfeld dão mais lucro que os maiores blocksbusters do Cinema

Com novos acordos, comédia ultrapassa a barreira dos US$3 bilhões de lucro

SeinfeldSeinfeld podia ser a comédia sobre o nada, mas o lucro que ela ainda gera para os bolsos de estúdios e criadores quinze anos depois de seu fim é tão grande quanto o legado e a influência deixados pela série. Segundo matéria do tradicional Financial Times, a Castle Rock Entertainment (divisão da Warner Brothers) que é dona dos direitos da série em parceria com a Sony (que a distribui até hoje) já arrecadou 3,1 bilhões de dólares só com assinaturas de cessão de direitos para exibição de reprises em redes locais nos EUA e em diversos países mundo afora. Nessa conta, estão incluídos os ganhos dos criadores da série, Jerry Seinfeld e Larry David, que, juntos, já faturaram cerca de impressionantes 800 milhões de dólares (!!!) desde o final da série que despediu-se em 1998.  A título de comparação, Avatar e Titanic, os dois filmes de maiores arrecadações da história do Cinema, encerraram suas carreiras nas telonas com bilheterias globais de 2,8 e 2,2 bilhões de dólares respectivamente. Sendo assim, descontando custos de produção, distribuição e marketing, o lucro de ambos deve atingir no máximo 70 a 75% desses números. Considerando esses fatores, os 3,1 bilhões de Seinfeld tornam-se ainda mais impressionantes já que são oriundos exclusivamente do período posterior ao encerramento da série quando, obviamente, já não existiam mais custos de produção/distribuição atrelados.

Deixe uma resposta

ss