FOTO: REPRODUçãO

Por: Redação Ligado em Série

#ListaLigada: sete séries canceladas sem final

Nessa matéria aqui, falei que um dos pesadelos de qualquer fã é que sua série preferida seja cancelada sem um final. Por isso, criamos essa nova #ListaLigada com algumas das produções que fizeram com que legiões de fanáticos ficassem com dor de cabeça, chorando em posição fetal no canto do quarto e pensando como seria se seu drama ou comédia favoritos tivessem continuidade. Os textos contém spoilers para quem não assistiu às produções:

Twin Peaks

twin-peaks-dale-cooper

A trama que girava em torno do misterioso assassinato da jovem Laura Palmer rapidamente conquistou o respeito de público e crítica quando sua primeira temporada foi ao ar em 1990. Mais do que uma investigação do crime em questão, Twin Peaks tinha como foco as peculiaridades e os segredos que os habitantes da cidade que dá nome à série escondiam, que iam desde negociatas e jogos de poder a crimes maiores. No entanto, a identidade do assassino acabou não sendo revelada com o final da primeira temporada e várias reclamações começaram a surgir. Resultado: a audiência começou a cair drasticamente a partir dos primeiros episódios do ano seguinte, o que levou os executivos da ABC a pressionar os roteiristas para que o mistério fosse imediatamente solucionado. Isso acabou ocorrendo no oitavo episódio. Mas então já era tarde demais, e boa parte dos americanos já tinha abandonado a série que, mesmo com a volta do diretor David Lynch em seus episódios finais e com um cliffhanger arrebatador com o detetive Cooper possuído pelo espírito de Bob, a produção foi cancelada. Até hoje fãs clamam por uma continuação.

FlashForward

JACK DAVENPORT, PEYTON LIST, SONYA WALGER, ZACHARY KNIGHTON, JOSEPH FIENNES, JOHN CHO, COURTNEY B. VANCE, BRIAN O'BYRNE, CHRISTINE WOODS

Um apagão mundial que durou exatamente 2 minutos e 17 segundos fez com que cada uma das pessoas tivesse um vislumbre de seu futuro em seis meses. A partir desse ótimo conceito, FlashForward foi a aposta da ABC em 2009 para ser a nova LOST e explorava a vida dos personagens e seus dilemas acerca do que os esperava: afinal, é possível mudar o futuro? Ao mesmo tempo, o mistério acerca das causas do apagão coletivo era um dos fios condutores da trama. Mas somente a boa premissa não foi suficiente para se sustentar: incongruências – pra não dizer buracos – no roteiro e episódios em que absolutamente não acrescentavam nada à mitologia proposta expulsaram a audiência, causando o seu cancelamento. Várias perguntas ficaram sem respostas satisfatórias; além disso, um novo apagão (bem mais impactante que o inicial) ocorreu no último episódio, cujos desdobramentos e consequências jamais saberemos.

The Event

the-event

Esse foi um dos melhores pilotos recentes. Ação, mistérios, conspirações, sequestros, tudo isso só no primeiro capítulo, construído em forma de mosaico, com flashbacks a todo instante, mudanças de cenário, núcleos que iam desde um casal num cruzeiro pelo oceano, passando pelo presidente com problemas na Casa Branca até ocorrências uma prisão localizada no Alaska. O ritmo frenético se estendeu ao longo de vários episódios, até chegar o momento em que a série começou a se perder, com histórias paralelas desconexas. Como se não bastasse, as respostas fornecidas às perguntas apresentadas se mostraram bem menos empolgantes. Logo a série foi rejeitada e virou motivo de piada. A exemplo de Flashforward, os roteiristas acertaram a mão somente nos episódios finais, quando já não se podia fazer muita coisa para estancar a hemorragia que os números de audiência causaram. Pelo visto, os responsáveis por The Event acreditaram até o fim que uma salvação era possível, já que o cliffhanger não poderia ser melhor, com o planeta dos “prisioneiros” aparecendo em chamas próximo à Terra. Pena que nunca saberemos como aquilo tudo terminaria, nem o que estava escrito no pergaminho que Sean conseguiu.

Alcatraz

alcatraz-serie-fox-warner-channel

J.J. Abrams já produziu coisas brilhantes, mas é (quase) consenso que isso faz parte de um passado muito remoto. Fato é que o selo “Abrams” através de sua produtora Bad Robot nem sempre significa “série de qualidade” com um sucesso garantido. Ele não escreve a maioria das produções, mas usa seu nome para vendê-las. Partindo de uma (boa) premissa, Alcatraz contava a história da famosa prisão localizada em São Francisco. Na série, vários prisioneiros e funcionários desapareceram misteriosamente em 1963 e começam a aparecer nos dias atuais, sem terem envelhecido um dia sequer. No entanto, o que era para ser uma história cercada de mistérios e investigações do fenômeno, ela se transformou em uma série procedimental em que o caso do dia era um ladrão, um assassino, um piromaníaco ou um sequestrador que surgia praticando o mesmo tipo de crime de décadas atrás, enquanto a detetive Rebecca Madsen tentava encontra-los com o auxílio do Dr. Diego Soto (Jorge Garcia, de LOST), ou seja, nada novo. Cancelada após 13 episódios, a série deixou no ar praticamente todas as perguntas que criou.

V

20091104_v_560x375

Refilmagem da clássica série dos anos 80, V retratava a fictícia chegada de extraterrestres à Terra, liderados pela vilã interpretada pela brasileira Morena Baccarin (Homeland). Após o pânico inicial , rapidamente os visitantes ganharam a confiança da população mundial ao prestar auxílio na infraestrutura das grandes cidades, fornecer a cura para doenças etc. No entanto, tudo não passava de um plano para se infiltrarem aos poucos nas mais variadas esferas governamentais do planeta, com o objetivo de… Bem, o objetivo não ficou muito bem explicado, já que a trama foi interrompida no final da segunda temporada, nos dando um gancho espetacular com a policial Erica ingressando numa unidade ultrassecreta do governo que visava combater os alienígenas. Pelo menos tivemos a chance de assistir o mala Tyler ser morto por Lisa antes que tudo acabasse.

Reunion

reunion

Em 2006, a FOX encomendou e levou ao ar uma série com uma proposta bastante original: após um reencontro de seis amigos para comemorar os 20 anos de sua graduação, em 1986, um homicídio ocorreu. Suas histórias, então, são contadas através dos episódios subsequentes, retratava um ano inteiro na vida de cada um deles. O planejamento inicial era que a temporada tivesse 22 episódios, com os dois últimos sendo utilizados para revelar a identidade do assassino. Mas bastaram 9 episódios para que os executivos da FOX percebessem que o prejuízo estava sendo grande. Resultado: nunca soubemos quem era o assassino.

Jericho

jericho

Essa série era boa, mas era ruim. Foi cancelada e descancelada. Jericho foi a candidata a “novo LOST” da CBS e em seu piloto mostrava um ataque nuclear coordenado que deixou os EUA em estado de sítio. A narrrativa era focada na pacata cidade de Jericho, que ficou de fora da devastação. Intrigas de poder, ação e muita enrolação fizeram parte da primeira temporada. Após cancelada, fãs fizeram uma campanha enviando amendoins para os executivos do canal, já que o protagonista falava a palavra em um momento chave do episódio final. A produção foi renovada, mas ainda assim morreu na praia sem dar um desfecho satisfatório para a trama.

Escaparam por Pouco

Se não fossem remakes, temporadas especiais e filmes, Veronica MarsHeroes24Entourage poderiam entrar também como séries com “final semi-aberto”. Felizmente não foi o caso. E aí, sua série cancelada favorita não apareceu aqui na lista? Corrija esse erro agora e deixe seu depoimento nas mensagens!

5 respostas para “#ListaLigada: sete séries canceladas sem final”

  1. Sofia disse:

    Onde estão Firefly e Terra Nova? As duas series canceladas que eu mais sinto falta

  2. mariosevilio disse:

    Seriados são um porre!!!!! Começam bem, ganham audiência, aí
    os autores começam a viajar na maionese, elaborando tramas inverossímeis, tudo
    para aumentar o número de episódios, temporadas e as próprias contas bancárias,
    o público começa a ficar de saco cheio, a audiência despenca e eles acabam com
    a série do nada!!!!!

    Ótimas séries não passaram nem da segunda temporada, como
    “Panam” e a nova versão de “V-batalha final”. No caso do
    “V”, a história ficou sem conclusão, o que é uma total falta de
    consideração com o espectador que ficou na expectativa, chupando o dedo sem saber
    o destino dos personagens!

    Nesse caso, novela é melhor, pois tem começo, meio e fim!

  3. Márcia disse:

    Alphas foi outra… me deixou na mão.

  4. vinland disse:

    Faltou Deadwood, porque aquele final feito as pressas eu nao engoli, e como puderam esquecer Roma, um dos maiores sucessos da HBO cancelada sem um final. Agora Reunion graças ao SBT ficamos sabendo quem era o assassino, ja que eles inventaram um final, quando eles passaram na tv kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. vinland disse:

    A nao amigo, novela pode ate ter um fim, mas ninguem merece uma coisa tao chata, no começo, no meio e no fim kkkkkkkkkk. E sempre com os mesmos atores, as historias nunca mudam nada. E nao sei pra que acrescentar tantos personagens na trama, sendo que a maioria nao tem relevancia nenhuma, para a trama principal.

    A unica coisa que gostei e assisti ate o final, foi a casa das sete mulheres, que nao se pode consederar novel, por a globo passou como minisserie. Tudo muito bem produzido. A globo deveria investir mais em produçoes bem feitas como essa.

    Comece a procurar series ja finalizadas, ja existem varias series fodonas que ja terminaram, assim vc assiste sem o medo do cancelamento. Ou tambem faça como eu, espera a serie passar da sua 2 temporada, ai vc tem mais certeza que vale a pena assistir sem medo de nao ter um final.

Deixe uma resposta

ss