FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Uma visita aos sets de Máximo & Confúcio, nova série da TV Cultura

maximoconfucio

À convite da Moonshot Pictures, o Ligado em Série foi conferir as gravações de sua nova série, Máximo & Confúcio, no dia 19 de junho. Antes de tudo, uma breve explicação para situar os leitores: Máximo & Confúcio é inspirada no clássico programa nacional Papai Sabe Nada, realizado entre 1963 e 1966 na TV Record, e estrelado por Renato Côrte Real e a sua família, composta pela esposa Bisu e os filhos Ju e Ricardo. O programa contava a história de Máximo Jacarandá, dono de uma fábrica de chupetas, e mostrava a vida profissional e familiar do protagonista.

Agora pulamos no tempo, mais especificamente por volta de quatro décadas. Ricardo Côrte Real e Leonardo Cortez, que se conheceram nas gravações de Uma Escolinha Muito Louca, e que desde então, trabalharam juntos em peças teatrais, tiveram a ideia de realizar uma série inspirada em Papai Sabe Nada. Após lerem alguns textos do programa escritos pelo próprio Renato, a dupla escreveu a primeira versão do piloto em 2010 (desde então, o roteiro foi tratado diversas vezes). Após bastante tempo e muita procura, a dupla conseguiu o apoio da Moonshot Pictures (responsável por Sessão de Terapia), cujos produtores adoraram o roteiro, e a TV Cultura para a exibição.

IMG_2710

Composta por 13 episódios, Máximo & Confúcio conta a história de Máximo Jacarandá (Ricardo Côrte Real), um empresário otimista e entusiasta de sua própria trajetória, incapaz de perceber a decadência do seu império de artigos infantis. Falido, Máximo é forçado a recomeçar do zero e ainda tem que resolver o enorme problema que é o seu filho, Confúcio (Leonardo Cortez), que apesar de já ter 40 anos , ainda age como um adolescente e que planeja ser cantor. Além da dinâmica “pai e filho”, a série também foca nas histórias dos demais membros da família e funcionários. O elenco principal também é composto por Patrícia Gasppar, Robson Nunes, Daniel Dottori, Norival Rizzo e Luisa Valente.

Chegamos nos sets de filmagens por volta das 10:30h, mas as gravações em si já haviam começado bem mais cedo. Os atores e a veterana diretora Eliana Fonseca (conhecida por diversos trabalhos como diretora e atriz tanto no cinema quando na televisão, incluindo uma marcante participação em Castelo Rá-Tim-Bum) já estavam em suas respectivas posições, gravando uma cena de um episódio da reta final, situada na casa dos protagonistas. Não podemos revelar muitos detalhes das duas cenas que presenciamos, para não entregar spoilers, mas podemos garantir que ficou impressão bastante positiva. Fonseca, o elenco e a equipe técnica estavam se esforçando ao máximo para entregar o melhor resultado. Desde a atenção com a continuidade em cena, até momentos em que a diretora percebia que, para o humor da cena funcionar, era necessário que um determinado ator gritasse mais alto ou então pulasse mais rápido. Os ensaios foram longos, e também era necessário definir as posições de cada ator em cena. Méritos também para a direção de arte, que traz interessantes detalhes como as fotos da família Real expostas nas paredes da casa do protagonista.

IMG_2688

No intervalo, tivemos a chance de entrevistar a diretora e alguns integrantes do elenco. Robson Nunes e Daniel Dottori, por exemplo, já tinham trabalhado com Leonardo Cortez em outros trabalhos. Nunes será Cleverson, um ex-motoboy que agora opera máquinas para Máximo, e que participou de movimentos sindicais e já foi preso. Cleverson é bastante grato a Máximo, assim como o personagem de Dottori, Durval, o braço direito e puxa-saco do empresário, com o qual tem uma relação paternal e bajuladora. Já a diretora Eliana Fonseca, que também já conhecia Real e Cortez, revelou estar bastante satisfeita com a equipe e o elenco. Vale citar que Fonseca realizará uma participação especial na série como Severina, uma arqui-inimiga de Máximo.

Máximo & Confúcio está previsto para estrear na TV Cultura no primeiro semestre de 2016. Por enquanto, esperaremos a série com ansiedade.

IMG_2407

Deixe uma resposta

ss