FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Sony e AXN vendem propagandas virtuais dentro de suas séries

crossinglines

Imagine se Hannibal Lecter consumisse iogurte grego Vigor? Ou se um personagem de Crossing Lines bebesse uma cerveja Sol? É essa a nova solução de marketing que os canais do grupo Sony estão ofertando para clientes no Brasil desde o ano passado: o product placement virtual.

Utilizando computação gráfica avançada, eles agora são capazes de inserir marcas e produtos onde não existia nada e podem até mesmo trocar um modelo de carro pelo do anunciante em determinada região. A solução já é utilizada ao redor do mundo Assista ao vídeo abaixo e entenda como o processo funciona para a nova temporada:

Interessante? É. Por enquanto o Product Placement Virtual ou “PPV”, como é vendido, somente é realizado nas séries próprias do grupo, ou seja, nas quais eles possuem direitos irrestritos de alteração da obra comercialização. Mas me pergunto se esta estratégia não pode vir a se tornar um problema quando abusada ou quando a inserção alterar a intenção do autor ou a essência ou o sentido da obra. Por que uma propaganda brasileira estaria em Roma, por exemplo?

Imaginem daqui um tempo o que pode ou não ser vendido dentro de séries e quantas versões de uma mesma obra poderemos ter ao redor do mundo dependendo do anunciante e até mesmo como isso pode afetar a história.

2 respostas para “Sony e AXN vendem propagandas virtuais dentro de suas séries”

  1. Allison Noronha disse:

    Deveriam se preocupar em transmitir as séries com menos atraso com relação aos EUA, BEM MENOS !!!

  2. JGRS disse:

    Até o Will de Hannibal usou um boné da fiat…absurdo!!!

Deixe uma resposta

ss