FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Making a Murderer: petições pedem intervenção de Obama no caso Steven Avery

obamaavery

O caso de Steven Avery e Brendan Dassey retratados no revoltante documentário Making a Murderer da Netflix está movimentando a opinião pública nos EUA e ao redor do mundo. Enquanto muitas celebridades manifestaram apoio aos detentos, que possivelmente foram condenados pela justiça do estado de Wisconsin de forma injusta, duas petições estão ganhando força e assinaturas.

Uma petição na seção “We the People” (Nós, o Povo) do site oficial da Casa Branca pede que o presidente Barack Obama conceda o perdão presidencial para Avery e Dassey. Ela já conta com 20.000 assinaturas e de um total de 100.000 até 19 de janeiro. Outra peça, no site Change.org, tem 160.000 assinaturas.


Leia: Making a Murderer | A Barbaridade Jurídica que Revolta


Os condenados já haviam esgotado praticamente todos os recursos legais acessíveis a eles para pedir um novo e justo julgamento que, independente se forem culpados ou não, é merecido pelas evidências que o programa traz à tona. Nos EUA, assim como no Brasil, réus possuem direito a exercer plenamente o contraditório e ampla defesa, princípios basilares do Estado Democrático de Direito.

Não custa tentar.

Deixe uma resposta

ss