FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Oscar 2016: previsões dos indicados

oscar

Nesta quinta (14/01) serão anunciados os indicados ao Oscar 2016, e aqui estão as minhas previsões, feitas com base nas indicações de outras premiações (principalmente os sindicatos do DGA, o PGA, o WGA e o SAG) e nos comentários da crítica. Os filmes que estão nas primeiras posições são os que, a meu ver, já estão garantidos na premiação, ao passo que os que estão por último  os que têm mais chances de serem ignorados.

Melhor Filme

*Vale lembrar que nessa categoria, o mínimo é de 5 finalistas, e o máximo é de 10. Nos anos anteriores, o número de indicados variou de 8 a 9 filmes. Assim sendo, citei os 10 filmes que tem mais chances de serem lembrados.

Spotlight
The Martian
Mad Max: Fury Road
The Revenant
Bridge of Spies
The Big Short
Carol
Brooklyn
Room
Straight Outta Compton

Justificativas: Aqui, o principal termômetro que devemos analisar é o Producer Guild Awards, cujos indicados foram: The Big Short, Bridge of Spies, Brooklyn, Ex Machina, Mad Max: Fury Road, The Martian, The Revenant, Sicario, Spotlight e Straight Outta Compton.

Desde o início da temporada das premiações, temos cinco candidatos que são intocáveis: Spotlight, The Martian, Mad Max: Fury Road, The Revenant e Bridge of Spies. The Big Short foi uma grande surpresa, pois acabou surgindo do nada, quase na reta final, e mesmo assim conseguiu várias menções no SAG, Golden Globes e Critic Choice Awards. Em contrapartida, Carol, Brooklyn e Room perderam parte da força que tinham demonstrado no início, mas ainda são candidatos muito mais prováveis do que Ex Machina e Sicario (dois filmes que eu adoro, mas que são “alternativos” demais para a Academia). Straight Outta Compton também é outro candidato que ganhou força apenas na reta final das premiações, e eu creio que só será lembrado se a Academia realmente indicar dez filmes nesse ano.

Star Wars – The Force Awakens recebeu inúmeros elogios e a simpatia de diversos artistas da indústria, veteranos e novatos. Ainda assim, não creio que a Academia abrirá espaço para um terceiro blockbuster, com The Martian e Mad Max já garantidos entre os finalistas.  Essa situação também se encaixa com Inside Out: apesar da Pixar ser amada por todos (e com razão), é mais provável que o filme seja lembrado apenas na categoria de Animação.

Melhor Diretor

Tom McCarthy – Spotlight
George Miller – Mad Max: Fury Road
Ridley Scott – The Martian
Alejandro Gonzalez Iñarritu – The Revenant
Adam McKay – The Big Short

Justificativas: Creio que os indicados no Director Guild Awards serão os mesmos no Oscar. O filme de Tom McCarthy é um dos favoritos desde o início da temporada, ao passo que Miller e Scott são dois veteranos que nunca ganharam a estatueta e retornaram à boa forma em 2015. Iñarritu já venceu o Oscar no ano passado, mas deve ser indicado novamente, sem chances reais de vencer. Só Adam McKay que não está 100% garantido, e acho que existe uma chance dele ser substituído por Todd Haynes (Carol) ou Steven Spielberg (Bridge of Spies).

Melhor Ator

Leonardo DiCaprio – The Revenant
Michael Fassbender – Steve Jobs
Eddie Redmayne – The Danish Girl
Bryan Cranston – Trumbo
Matt Damon – The Martian

Justificativas: Leonardo DiCaprio é o favorito indiscutível desde o início das premiações. Michael Fassbender e Eddie Redmayne também são apostas certas. Embora Trumbo não tenha sido recebido com unanimidade pela crítica, Cranston foi lembrado pelo SAG, Golden Globes e Critic Choices. O único candidato do qual eu realmente não estou muito seguro é Matt Damon. The Martian foi amado por todos, mas tenho minhas duvidas se esse amor terá influência nessa categoria. Com certeza, o candidato que tem mais chances de roubar o lugar de Damon é Johnny Depp, cuja trabalho em Black Mass marcou o seu retorno à sua boa forma, após se perder em uma série de trabalhos burocráticos nesses últimos anos.

Will Smith (Concussion) e Steve Carell (The Big Short) também foram lembrados no Golden Globes e em outras premiações, mas as chances dos dois serem indicados ao Oscar são muito pequenas comparadas com a força dos demais concorrentes.

Melhor Atriz

Brie Larson – Room
Saoirse Ronan – Brooklyn
Cate Blanchett – Carol
Charlotte Rampling – 45 Years
Jennifer Lawrence – Joy

Justificativas: aqui já entramos num terreno mais delicado, pois existem duas possibilidades. Vamos analisar a primeira: Brie Larson e Saoirse Ronan são as grandes favoritas dessa categoria, e creio que irão protagonizar uma disputa acirrada. Cate Blanchett também está com a sua indicação garantida, mas já sai prejudicada por ter vencido em duas ocasiões anteriores (por The Aviator e Blue Jasmine). Apesar de não ter sido lembrada no SAG, Charlotte Rampling é uma atriz veterana, dona de uma extensa filmografia, e que nunca foi indicada antes. Finalmente, Jennifer Lawrence também já começa prejudicada pelas críticas negativas do seu filme e por ter vencido o Oscar recentemente, mas é a candidata mais provável para a quinta vaga.

Muitas pessoas estão apostando em Charlize Theron (Mad Max: Fury Road), mas eu não creio que o amor da Academia pelo filme chegará a esse ponto (o que seria uma pena). Acho mais provável que Lawrence seja substituída por Lily Tomlin (Grandma). E ainda não entendi como Sarah Silverman (I Smile Back) e Helen Mirren (The Woman in Gold) conseguiram indicações no SAG. Não deve passar disso.

O que nos leva à segunda possibilidade: Rooney Mara (Carol) e Alicia Vikander (The Danish Girl) estão sendo anunciadas pelas campanhas dos estúdios na categoria de Atriz Coadjuvante. Ambas as atrizes estão sendo lembradas em quase todas as premiações nessa categoria… Mas o que irá acontecer se os membros da Academia repetirem o que fizeram em 2009?

Vale lembrar: em 2009, Kate Winslet era candidata nas premiações como Atriz Principal por Revolutionary Road e Atriz Coadjuvante por The Reader – chegando a receber indicações por ambos os filmes no Golden Globes. Porém, a Academia não comprou essa farsa e indicou Winslet apenas como Atriz Principal por The Reader (e quem assistiu a esse filme sabe que Winslet É uma das personagens principais da trama).

Assim sendo, teoricamente, essa surpresa pode se repetir, com os membros da Academia votando em Mara e Vikander na categoria de Atriz Principal – e foi o que aconteceu no Golden Globes. Se isso acontecer, eu apostaria que Mara é quem tem mais chances de ser lembrada, e Vikander ficaria de fora. Resta saber como a inclusão de Mara influenciaria a disputa principal entre Larson e Ronan, mas só vamos poder discutir isso com mais segurança a partir do dia 14…

Melhor Ator Coadjuvante

Mark Rylance – Bridge of Spies
Idris Elba – Beasts of No Nation
Sylvester Stallone – Creed
Mark Ruffalo – Spotlight
Christian Bale – The Big Short

Justificativas: sem dúvida, a categoria mais imprevisível desse ano. Com exceção de Rylance e Elba, não tenho certeza de mais nada. Apostei no Stallone porque é o tipo de história que a Academia ama: um ator cuja carreira estava no fundo do poço há uns 10 anos atrás, que se reergueu muito bem, e voltou a interpretar o personagem que lhe rendeu sua única indicação ao Oscar, há quarenta anos, num filme que foi muito bem recebido pela crítica. É irresistível.

Eu sei que tem que ter um ator de Spotlight nessa categoria, mas não faço ideia se vai ser Mark Ruffalo ou Michael Keaton. Apostei no Ruffalo porque já faz bastante tempo que a Academia quer premiá-lo, embora Keaton também tenha chances pelo fato de ter perdido o prêmio no ano passado… Finalmente, apostei em Christian Bale porque é outro querido da Academia (ninguém esperava a indicação dele por American Hustle em 2014).

Mas o fato é que há vários outros candidatos que também podem ser lembrados: Paul Dano (Love and Mercy), Michael Shannon (99 Homes), Jacob Tremblay (Room), Tom Hardy (The Revenant), e até Benicio Del Toro (Sicario). Resumo da situação: esperem por uma, duas ou até mesmo três surpresas nessa categoria…

Melhor Atriz Coadjuvante

Rooney Mara – Carol
Alicia Vikander – The Danish Girl
Kate Winslet – Steve Jobs
Jennifer Jason Leigh – The Hateful Eight
Helen Mirren – Trumbo

Justificativas: Já expliquei a curiosa situação de Rooney Mara e Alicia Vikander. Teoricamente, Vikander também pode se prejudicar devido à uma divisão de votos com Ex Machina, mas isso dificilmente irá ocorrer. Se Mara e Vikander forem indicadas nessa categoria, serão as duas grandes favoritas, e protagonizarão outra disputa acirrada desse ano.

Kate Winslet e Jennifer Jason Leigh também são apostas seguras, sendo que a quinta candidata é a minha única dúvida. Quase troquei Helen Mirren por Rachel McAdams (Spotlight) , mas decidi arriscar a primeira, que foi lembrada no SAG. Jane Fonda (Youth) e Kristen Stewart (Clouds of Sils Maria) também forem lembradas em várias premiações, mas não creio que tenham força o suficiente para o Oscar.

Melhor Roteiro Original

Spotlight
Inside Out
The Hateful Eight
Bridge of Spies
Straight Outta Compton

Quem também pode ser lembrado: O Writer Guild Awards não é um termômetro 100% seguro, pois só indica filmes de membros do sindicato. Dito isso, Straight Outta Compton é o único que pode ficar de fora e ser substituído por Ex Machina, Sicario ou Trainwreck. Também há Joy, que não foi bem recebido pela crítica, mas a Academia ama David O. Russell.

Melhor Roteiro Adaptado

Carol
Room
Steve Jobs
The Big Short
Brooklyn

Quem também pode ser lembrado: Brooklyn pode ser substituído por The Martian.

Melhor Filme de Animação

Inside Out
Anomalisa
The Good Dinosaur
Shaun the Sheep
The Peanuts Movie

Quem também pode ser lembrado: The Prophet.

Melhor Filme Estrangeiro

Son of Saul (Hungria)
Mustang (França)
Labyrinth of Lies (Alemanha)
A War (Dinamarca)
The Brand New Testament (Bélgica)

Quem também pode ser lembrado: El Abrazo de la Serpiente (Colômbia).

Melhor Fotografia

The Revenant
Mad Max: Fury Road
Sicario
Carol
The Hateful Eight

Quem também pode ser lembrado: Bridge of Spies e The Martian.

Melhor Montagem

Mad Max: Fury Road
Spotlight
The Revenant
The Martian
The Big Short

Quem também pode ser lembrado: Steve Jobs e Bridge of Spies.

Melhor Design de Produção

Mad Max: Fury Road
Bridge of Spies
Cinderella
The Martian
Carol

Quem também pode ser lembrado: The Danish Girl, Star Wars – The Force Awakens, Crimson Peak.

Melhor Figurino

Cinderella
Carol
The Danish Girl
Brooklyn
Mad Max: Fury Road

Quem também pode ser lembrado: Crimson Peak.

Melhor Trilha Sonora

Star Wars – The Force Awakens
The Hateful Eight
Inside Out
Carol
Bridge of Spies

Quem também pode ser lembrado: The Danish Girl e Mad Max: Fury Road.

Melhor Canção

Til It Happens To You” (The Hunting Ground)
See You Again” (Furious 7)
Simple Song #3” (Youth)
Love Me Like You Do” (50 Shades of Grey)
The Writing on the Wall” (Spectre)

Quem também pode ser lembrado: Essa categoria é impossível. Talvez “None Of Them Are You” (Anomalisa) seja lembrada.

Melhores Efeitos Visuais

Star Wars – The Force Awakens
Mad Max: Fury Road
The Martian
Jurassic World
The Walk

Quem também pode ser lembrado: Avengers – Age of Ultron e The Revenant.

Melhor Maquiagem e Penteado

Mad Max: Fury Road
Black Mass
The Revenant

Quem também pode ser lembrado: Mr. Holmes.

Melhor Som

Mad Max: Fury Road
Star Wars – The Force Awakens
The Martian
The Revenant
Straight Outta Compton

Quem também pode ser lembrado: Jurassic World.

Melhor Edição de Som

Mad Max: Fury Road
Star Wars – The Force Awakens
The Martian
The Revenant
Sicario

Quem também pode ser lembrado: Spectre, Jurassic World.

Deixe uma resposta

ss