FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Para conter queda, Warner cogita relançar BvS em versão estendida nos cinemas

batmansuperman

A Warner/DC está cogitando relançar Batman vs. Superman nos cinemas com uma versão ESTENDIDA (SENHOR!) pra tentar frear a queda drástica de arrecadação da bilheteria. Com 30 minutos a MAIS que o longa que ainda está sendo exibido, a ideia é colocar a versão para maiores de 18 anos para “promover” o lançamento em home vídeo, mas a verdadeira intenção é garantir que o longa chegará à marca de 1 bilhão de dólares, cada vez mais difícil de ser atingida com as sistemáticas diminuições de público.

Espera-se que com as cenas adicionais, o filme tenha mais “coerência”. Aliás, o desespero da Warner/DC é tão grande que apenas três dias após a estreia, uma cena “deletada” surgiu na Internet na conta oficial da Warner, algo que costuma acontecer somente próximo do lançamento em DVD. Isso mostra o quão problemático é o corte de Snyder que está aí hoje no ar fazendo até as mais otimistas previsões de investidores parecer uma fan fiction.

Enquanto isso, Marvel libera as críticas de Guerra Civil 20 dias antes da estreia, provando o quão segura está de seu universo cinematográfico.

E difícil não parecer um Marvete soltando essas notícias (já expliquei no Facebook que gosto MUITO mais os heróis da DC), mas tá difícil defender a zona que Warner e DC estão aprontando…

6 respostas para “Para conter queda, Warner cogita relançar BvS em versão estendida nos cinemas”

  1. Terra Nova disse:

    Agora filme esta vindo com DLCs?

  2. Léo Barreto disse:

    Pensei que era coisa do Sensacionalista. Para que tá feio!!!

  3. Bruno Sousa disse:

    Coerência. É o que o filme definitivamente não tem.

  4. Tiagoseiyapb disse:

    e ainda acho que mesmo com mais de 30 minutos o filmes não melhore muita coisa não

  5. Leo Onoma disse:

    Sensacionalismo é a alma do negócio, Oh God Why?

  6. Sereia de Gotham disse:

    Desespero para atingir a marca dos bilhões já que o filme claramente não vai conseguir com a versão que está no cinema que nem aos 800 milhões ainda chegou!

Deixe uma resposta

ss