FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Programa do Porchat estreia bem fazendo a ponte entre TV e Internet

Foi acertadíssima a estreia de Fábio Porchat em seu próprio talk-show Programa do Porchat ontem à noite na Record. O programa, que também seguirá pelo canal TBS às 19h30, trouxe frescor ao gênero na TV aberta brasileira com uma linguagem atual e que conversa diretamente (e bem) com o público da Internet.

O primeiro destaque foi o texto afiado, sem ofensas baratas e que não tem ressalvas em fazer piadas com a própria emissora no cold open, passando por abordagens às críticas que o próprio Porchat recebeu ao aceitar comandar a atração (“sem a Globo você não vai ter convidado “, “vai se vender aos merchãs”, “não vai poder zoar religião”), o roteiro foi ágil ao empacotar tudo em ótimas tiradas, rebatendo logo de cara pra Internet comentar na segunda tela. Até mesmo ao abordar política o programa se saiu bem, alfinetando com classe o presidente interino e a falta de Freixo e Erundina nos debates a prefeito do Rio de Janeiro e São Paulo.

Gostei também da forma com que o bem-relacionado apresentador encontrou para burlar o bloqueio que a Globo criou e da surpreendente entrevista com Sasha Meneghel, a primeira da TV e que por si só garantirá as manchetes desta manhã. Provando que vai ter convidado, sim, ele ainda levou o cantor-sensação Wesley Safadão para o seu programa de debute.

Mas o grande mérito do Programa do Porchat é o carisma inigualável do apresentador, que se garante independente do convidado. Talentoso, espirituoso, divertido, Porchat carrega bem todo tipo de interação e quadro. Ele apenas precisa encontrar o tom do formato, já que muitas vezes aparentou nervosismo em excesso e uma certa pressa. Tudo bem que ele é uma pessoa agitada, mas o gênero pede um comando mais cadenciado. Nada que ele não pegue com o tempo, afinal foi apenas o primeiro episódio.

O dever de casa, aliás, foi bem feito, já que em pouco menos de uma hora deu pra ver que o Programa do Porchat bebe na fonte do The Tonight Show e possui elementos do Jimmy Kimmel Live!Late Late Night, com o uso de celular, computador, video wall, banda descolada, quadros externos e esquetes.

Se Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel e James Corden são a nova geração dos talk-shows estadunidenses, Porchat pode ser o maior expoente brasileiro, já que representa um ótimo contraponto aos mais sisudos Jô Soares e Marília Gabriela e é dotado de muito talento e timing cômico que os recentes Gentili e Bastos na função, com o “plus” de não ser babaca.

Programa do Porchat será exibido de segunda à quinta à 0h15 na TV aberta pela Record, com reprises de terça a sexta às 19h30 no canal TBS do grupo Turner na TV paga. Acertadamente também criaram um canal no YouTube com todos os vídeos, inclusive a versão na íntegra, que você confere abaixo:

4 respostas para “Programa do Porchat estreia bem fazendo a ponte entre TV e Internet”

  1. Felipe Marques disse:

    Gostei bastante do programa, divertido, ágil, o apresentador interage com a plateia (Sem ofender e sem piadas baixas como seu concorrente Danilo), brincadeiras leves…Se continuar assim tem tudo para continuar sendo sucesso, ja que no horário (0h/1h) não tem programas bons para se assistir na TV Aberta…

  2. Douglas disse:

    Humor que nao provoca, se perde com o tempo. Ter um talk show (no Brasil tem sido muito mais show) fora da Globo nao é tarefa fácil mesmo o palco sendo uma cópia do Agora é Tarde com produção dos argentinos.

  3. Anderson Lima disse:

    Curti hein…

  4. theTaripy disse:

    Só precisa a record largar mãe de ser mesquinha e liberar o programa de graça no youtube!

Deixe uma resposta

ss