FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Modern Family: contrato do elenco chega ao fim e o destino da série é incerto

Problemas à vista nos bastidores da ABC. A oitava temporada de Modern Family terminará em maio, e junto com ela, também chegarão ao fim os contratos dos protagonistas Sofia Vergara, Julie Bowen, Ty Burrell, Eric Stonestreet, Jessie Tyler Ferguson e Ed O’Neill.

É impossível não admitir que Modern Family já não tem mais o mesmo hype que tinha quando estreou em 2009 sendo aclamada pela crítica e pelo público. A série ganhou o Emmy de Melhor Comédia por cinco anos consecutivos, mas perdeu nas duas últimas edições para Veep. Além disso, enquanto todo o elenco adulto conseguia indicações nos últimos anos, apenas Burrell foi lembrado na última edição (e perdeu). Seus números de audiência, que chegaram na casa dos 14 milhões, caíram consideravelmente, e o último episódio, exibido em 22 de fevereiro, obteve apenas 6.65 milhões de espectadores. Ainda assim, Modern Family continua dando bons frutos para a emissora.

De acordo com fontes do The Hollywood Reporter, a 20th Century Fox Television ainda não começou a negociar os contratos com o elenco adulto para a sua nona temporada. Vale lembrar que a série ainda não foi oficialmente renovada (o anúncio só deve sair no período dos Upfronts), mas é bastante improvável que as pessoas envolvidas não queiram continuar com a série por pelo menos mais um ano. Porém, parece que uma briga está prestes a ocorrer entre a 20th TV e a emissora ABC a respeito dos custos da série.

Normalmente, é a emissora que costuma financiar a maior parte de uma produção, em vez do estúdio. No caso de Modern Family, os custos são altos demais, principalmente por causa dos salários dos atores: $350,000 por episódio, e não há dúvidas de que todos irão exigir um aumento para a nona temporada, ainda mais depois das notícias semelhantes envolvendo o pessoal de The Big Bang Theory. O elenco infantil, que à essa altura já não é mais infantil e recebe bem menos, não foi mencionado nas notas da Hollywood Reporter, mas nada os impede de também quererem uma quantia maior. Assim sendo, o estúdio e o canal terão até maio para decidir se irão renovar a série com cachês maiores para o elenco, conseguir chegar a um acordo melhor com os atores, ou simplesmente cancelá-la (mas ninguém acredita nesse última possibilidade).

Vale lembrar que em 2012, na época da quarta temporada, os seis atores principais já tinham exigido aumentos de salário e chegaram a abrir uma ação contra o estúdio para invalidar seus contratos (o que mostra que as negociações não devem ter sido amigáveis). O elenco finalmente conseguiu chegar a um acordo com os seus respectivos valores aumentando a cada ano e aceitando participar de uma eventual oitava temporada. Tempos depois, o elenco infantil também conseguiu um aumento. Resta saber se essa nova situação terá o mesmo final feliz para todos os envolvidos.

Deixe uma resposta

ss