FOTO: NETFLIX

Por: Bruno Carvalho

Surge um novo suspeito no caso de Making a Murderer!

FOTO: NETFLIX

Foto: Divulgação/Netflix

A advogada de Steven Avery – o personagem principal da docussérie Making a Murderer da Netflix – divulgou uma peça de informação que pode finalmente reverter a condenação de seu cliente. Em uma petição de 1.272 páginas, a defesa de Avery aponta como novo suspeito do assassinato da fotógrafa Teresa Halbach o ex-namorado dela.

Segundo o The AV Club, a atual advogada de Avery Kathleen Zellner possui um histórico notável de virar condenações injustas. Os argumentos dela se sustentam em diversos fatos do tenebroso julgamento exibido na primeira temporada da série, incluindo a defesa ineficaz dos advogados anteriores, violações éticas do promotor Ken Kratz e o fato de que o ex-namorado de Halbach nunca foi formalmente eliminado como um suspeito e que o júri de Avery não ouviu nada sobre ele.

Neste link você pode ler as primeiras 200 páginas da advogada. A Netflix já confirmou a 2ª temporada de Making a Murderer, que deve abordar, entre outros assuntos, a situação do sobrinho de Avery, Brendan Dassey, cujo caso também movimentou recentemente. Primeiro a justiça mandou soltá-lo e depois a promotoria conseguiu um recurso para impedir que ele fosse liberado.

Ontem mesmo, porém, uma apelação da defesa de Dassey conseguiu manter a ordem de soltura e é possível que o garoto preso há 11 anos saia da prisão em breve. O Estado de Wisconsin tem 90 dias pra tentar um novo julgamento e, devido a repercussão do caso, é bem possível que mesmo julgado ele seja absolvido dada às circunstâncias de sua prisão.

A 2ª temporada de Making a Murderer não tem data prevista, mas promete ser bem agitada!

Deixe uma resposta

ss