FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Conteúdo dublado é preferência absoluta no Brasil, segundo dados da Netflix

Foto: Netflix

Cidade do México – Durante o evento “Vive Netflix” que acontece hoje no México, o VP de produtos da Netflix Todd Yellin trouxe dados interessantíssimos e alguns que até chocaram os presentes. Falando sobre a importância de adaptação dos títulos, ele lembrou que quando House of Cards foi lançada, a série estava traduzida para apenas 7 idiomas. Com Ozark, recém-lançada na semana passada, a Netflix preparo legendas e dublagem para 25 idiomas, com promessa de aumentar para 28 em breve.

Foto: Ligado em Série

Como o evento é focado na Amérlica Latina, o VP também trouxe informações sobre como o público LATAM + Brasil consome Netflix. Segundo dados aferidos na plataforma, séries mais jovens são assistidas prioritariamente dubladas. 13 Reasons Why, por exemplo, foi assistida com legendas por apenas 16% dos assinantes no Brasil, enquanto 84% preferiram ver dublado. Essa é uma tendência clara, mas até então não tínhamos os números exatos.

Foto: Ligado em Série

O número, segundo Yellin, varia de acordo com o título. Quanto mais adulto, mais pessoas preferem ver legendado. House of Cards, por exemplo, é uma das séries que tem um maior share “legendado” no Brasil, chegando a dividir o público 50%-50%.

Nos  EUA, por exemplo, país que também é conhecido por não gostar de títulos legendados, os produtos de latinoamericanos são consumidos dublados em inglês por 60% dos assinantes, enquanto 40% preferem ver com o idioma original e legendas. Yellin afirmou que séries como Narcos quebraram o paradigma de que o norte-americano não assiste produtos legendados, algo que está cada vez mais aceito por lá.

A Netflix garantiu que todos os títulos terão sempre opções de idiomas em todos os países.

Ligado viajou ao México a convite da Netflix.

19 respostas para “Conteúdo dublado é preferência absoluta no Brasil, segundo dados da Netflix”

  1. adrianotenorio disse:

    Pois é, querer ver uma série na opção (bem) dublada não é coisa de outro mundo.

  2. Pedro Araujo disse:

    Impressionado! Tanto com os números BR quanto US.
    Obviamente já imaginava que público mais jovem prefere dublado no Brasil, pois esse comportamento já é visto no cinema. Mas não achava que se espelhava assim de forma tão grande na Netflix. Achava que o comportamento do público seria outro.

    Da mesma forma me impressiona o volume tão alto de 40% de americanos assistindo dublado. Achei que seria bem menos.

  3. Andre Nascimento disse:

    :)

  4. Bruno Xavier disse:

    No caso você se refere ao idioma original né? Pois estes são os 40%. Não me surpreendeu a preferencia dos americanos por conteúdo dublado, eles já tinham esse “fama” de pouca tolerância à legendas.

  5. Petterson Lima disse:

    “A Netflix garantiu que todos os títulos terão sempre opções de idiomas em todos os países.”

    Menos Chelsea né Netflix?

  6. Bruno Xavier disse:

    Aliás, que decepção! Descontinuaram as legendas e ainda por cima retiraram praticamente TODOS os episódios da temporada 1. Infelizmente parei de acompanhar :/ só vi esses dias o episódio que o John Bradley-West participa por causa de GoT.

  7. Petterson Lima disse:

    Também achei um absurdo retirarem os episódios da primeira temporada. Ainda acompanho porque entendo inglês mas evidentemente preferiria assistir com legenda. Achei muita sacanagem também. Entrei em contato com o SAC uma vez e eles informaram que houve mudanças na produção do programa (tanto que diminuíram de 3 para 1 episódio por semana) e que as legendas seriam feitas agora apenas em espanhol, enfim, uma bobagem sem fim. Triste viu!

  8. Bruno Xavier disse:

    Já era certo essa preferência pelo conteúdo dublado, só não conhecíamos os números exatos, embora tenha esse preconceito por algumas pessoas de que conteúdo estrangeiro só pode ser visto em seu idioma original, a dublagem sempre será uma ferramenta de acessibilidade para o público geral e não deve ser desmerecida quando bem feita. Assisto das duas maneiras, se vi dublado a 1º vez, quando assisto novamente vejo em seu idioma original e vice-versa.

  9. Bruno Xavier disse:

    Realmente frustrante, talvez não teve o alcance de audiência esperado. :/

  10. Gabriel disse:

    60% dos americanos assistem dublado, lembrando que inglês la é o dublado.

  11. Felipe disse:

    Agora falta falar da qualidade porca das legendas. Assisti American Crime Story e fiquei chocado com o tanto de termos incorretos e traduzidos ao pé da letra.

  12. ademir burattini disse:

    não precisa ser gênio para entender que o dublado deles é em linguá não nativa né?

  13. DiGamer80 disse:

    Se a legenda estiver bem sincronizada, SEMPRE legendado. E quanto a isso digo que a Netflix nem sempre faz um bom trabalho, a ex estou assistindo The Americans cuja legenda está bem mais ou menos.

  14. Marcos Vynicios disse:

    Legenda de Chelsea mandou lembranças…

  15. Matheus Ramos disse:

    Isso pq a Netflix sempre fez questão de frisar, que números não importavam. Uma pena. )=

  16. Ismael Pereira disse:

    Só acho justo falar que tem de ver no idioma original pra não perder nada se a pessoa entender realmente do idioma e nem precisar de legenda. Precisou de legenda já se perde um pouco da atenção, alem de legenda tambem ser uma adaptação assim como dublagem. Alem de legenda ser na maioria das vezes uma adaptação mais fraca e menos tabalhada que dublagem

  17. Roberto disse:

    Quais são as 25 línguas que Ozark foi dublada? Eu só vejo 6 disponíveis no site…

  18. É segmentado por região do mundo. Nem todos os idiomas estão disponíveis pra todos. Ao todo foram 25.

  19. Marcio disse:

    O pior ponto da legenda é que aniquila a interpretação dos atores, em primeiro lugar o dublador no geral é pior do que ator do filme, são raríssimas as exceções, e já assisti dublagens que pela forma de falar literalmente alteram a personalidade do personagem. De que adianta ver um filme com um ganhador do oscar se está sendo dublado? Aquela interpretação que rendeu um oscar foi para o espaço, agora tu está ouvindo um dublador qualquer, que por sinal sempre soam da mesma forma em quase todos os filmes.

ss