FOTO: INSTAGRAM/NETFLIX

Por: Bruno Carvalho

Assistente de produção de Narcos é executado em busca por locações no México

Carlos Munõz produtor da 4ª temporada de Narcos, foi executado esta semana no México quando buscava por locações para a 4ª temporada da série. O jornal El País informa que ele fazia a função denominada no ramo de “scout” para a Netflix em San Bartolo Actopan, município de Temascalapa, zona rural do país.

Ele foi encontrado em seu carro com várias marcas de tiro pelo corpo. A polícia ainda não desvendou o caso.

A 4ª temporada de Narcos seguirá contando a história do narcotráfico no mundo e, ao que indicou o final do 3º ano, a narrativa será deslocada da Colômbia e partirá para o México, especialmente retratando o perigoso e poderoso cartel de Juaréz.

A Netflix se manifestou sobre o ocorrido:

Gostaríamos de prestar nossas condolências aos familiares [de Muñoz] e estamos acompanhando as investigações das autoridades“.

Ele era profissional freelancer da produtora Redrum, subcontratada da Gaumont Television, que produz a série para a Netflix. Ele já havia trabalhado nos longas SicarioSpectreVelozes e Furiosos e na série Mozart in the Jungle, da Amazon Prime Video, fazendo o mesmo tipo de trabalho.


Leia a crítica da 3ª temporada de Narcos


Deixe uma resposta

ss