FOTO: HBO

Por: Renata Primavera

Falamos com o elenco de Game of Thrones sobre os bastidores e segredos da série!

No último domingo, dia 27 de agosto, Game of Thrones chegou ao fim de sua sétima temporada. Alguns ainda estão com certeza se recuperando do baque deste season finale, enquanto os mais ansiosos já começaram a contagem regressiva para a temporada final da série – que pode ir ao ar somente em 2019.

A boa notícia é que o Ligado está ao seu lado durante este período negro. Conversamos com parte do (gigantesco) elenco da série em Londres, em busca de informações novas sobre a série para te ajudar a enfrentar a abstinência de Game of Thrones nos próximos longos meses. Ah, e anote na agenda: no dia 11/12 a Warner lançará no Brasil os boxes em DVD e Blu-ray da 7ª temporada.

FOTO: HBO

Entrevistas sobre uma produção com o nível de hype da série da HBO são sempre um dia de trabalho interessante. Os atores podem divulgar muito pouco (leia-se: nada) do que já gravaram ou sabem das próximas temporadas. O que poderia ser um festival de revelações relevantes para os fãs torna-se uma verdadeira aula de entrevista para os jornalistas presentes. Cada pergunta deve ser pensada à exaustão para que a gente possa, no fim das contas, descobrir algo sobre a série que ainda não tenha sido revelado anteriormente.

Felizmente pegamos o elenco num dia inspirado. Separamos algumas reflexões interessantes, e também diversas curiosidades dos bastidores, divulgadas pelos atores durante a 1h30 de conversa na cidade londrina.

Os bastidores

“Meu figurino é tão apertado que eu preciso me preparar fisicamente para ele. Todo ano, uns dois meses antes de voltar para uma nova temporada, eu pego minha bicicleta e pedalo entre 50 e 70km nas montanhas. Umas três ou quatro vezes por semana, só para garantir que eu vou caber novamente no figurino.” – disse Aidan Gillen (Mindinho)

“Os estúdios onde gravamos, no norte da Irlanda, são uma grande mistura. Uma sala é um cenário de Porto Real, e na próxima você tem algo do Norte. Então é ótimo pra fazer um tour na hora do almoço.” – Daniel Portman (Podrick)

FOTO: HBO

“É um dos sets mais silenciosos no qual já trabalhei. Não parece muito emocionante, mas um set barulhento nunca é um bom sinal; significa que algo não está indo bem. E nós também nunca paramos para almoçar. Não tem muita cerimônia. Andamos por aí com a comida em caixinhas, para manter o ritmo e emoção das cenas.” – revelou Liam Cunningham (Davos)

“É a coisa mais difícil do mundo manter uma cara série quando se está trabalhando com o Peter Dinklage. Estar com ele trouxe uma nova luz para minha vida, mas arruinou a minha habilidade de fazer meu trabalho (risos). Eu não tenho nenhuma técnica para me manter sério, saio rindo. E o Peter e o Conleth Hill (Varys) adoram isto. Quando a câmera está neles, eles são profissionais, sérios. Quando a câmera está focando você, os dois vão aproveitar qualquer oportunidade para te fazer rir. E depois todo mundo te culpa.” – Jacob Anderson (Verme Cinzento)

Mantendo os segredos

“As pessoas querem saber o tempo todo o que vai acontecer na série. Quando estou me sentindo particularmente perverso, eu falo “ok, vou te contar”. E as pessoas sempre se desesperam. “Nããoooo, não conta”. Na verdade, elas não querem saber, é engraçado. Mas o pior aconteceu mesmo com o Kit (Harrington, o Jon Snow) e a Sophie (Turner, a Sansa). Ele a conheceu quando ela tinha só 13 anos de idade, e ela o escreveu uma carta linda, à mão, dizendo que tinha aprendido muito com ele; que era como um irmão para ela. Uma carta linda de despedida. E o Kit não podia contar nada para ela, foi a pior parte.” – Liam Cunningham (Davos)

FOTO: HBO

“A temporada em que deixaram o Cão para morrer, eu não podia contar para ninguém o que iria acontecer. Foram meses de espera até fecharmos o acordo para eu voltar. Eu tinha que ficar mentindo, negando tudo. A única coisa que a produção me dizia era ‘negue tudo’.” – Rory McCann (Cão)

Cenas memoráveis

“A primeira cena que me marcou foi quando decapitaram o Ned Stark. Foi naquele momento que as pessoas perceberam que a série não seguia as regras convencionais; eles mataram o protagonista na primeira temporada. Todo drama precisa de alguém para você seguir, que vai te guiar nos momentos confusos, e mataram este personagem.” – John Bradley (Sam)

FOTO: HBO

“A Batalha dos Bastardos foi algo incrível. No primeiro dia de filmagens, me lembro de estar sentado dentro de uma das tendas. Seriam 24 dias de filmagem, em cima de cavalos, e tínhamos mais de 700 extras. Me lembro de virar para o Kit (Harrington) e dizer ‘Sabe o que vamos precisar no próximo mês? Senso de humor para c***lho’. Sabíamos que seria difícil, uma verdadeira maratona, e que ficaria incrível.” – Liam Cunningham (Davos)

“Minha primeira cena de luta foi uma das mais memoráveis, e difíceis, tecnicamente falando. Era a briga com o Beric Dondarrion, envolvendo fogo. Até os extras que estavam no set vinham me perguntar como eu tinha conseguido fazer aquilo. Não dava para respirar direito, e era muito físico. Já a briga com a Brienne foi super divertida de fazer. Amei trabalhar com a Gwendoline (Christie). Fomos para o meio das montanhas para as filmagens, foi ótimo” – Rory McCann (Cão)

A Importância da série para os atores

Game of Thrones foi a minha adolescência. Eu entrei para a série quando tinha dez anos, há oito anos. Ou seja, é metade da minha vida, o que é muito estranho. Foi tão importante para a minha vida quanto a escola, voltando todo ano para o mesmo ambiente, com as mesmas pessoas.” – Isaac Hempstead Wright (Bran)

“Este é maior programa do mundo atualmente. Então claro que você pode usá-lo para sua carreira, ficar mais famoso, pegar papéis maiores, e etc. Mas a coisa com Game of Thrones é que você provavelmente não vai encontrar papéis melhores. Mesmo quem não é um protagonista, como eu, vai ter o seu momento de brilhar.” – Pilou Asbæk (Euron)

“Meu maior medo é que seja só isso. Que a pergunta que os meus netos mais escutem é “seu avô não fez parte de uma série, ele não era famoso? (risos).” – John Bradley (Sam)

FOTO: HBO

Como o elenco assiste à série

“Eu assisto em casa, com a minha família. A Carice (Melissandre) tem uma fala interessante sobre isso. Quando está assistindo, e a Melissandre aparece, arruína a experiência para ela. Porque daí ela está assistindo a ela mesma e acaba com a ilusão. E acho que é assim com todos nós. Porque somos todos fãs, e há tantos personagens, que você não sabe o que está acontecendo em todos os núcleos. É muito bacana. É o único trabalho em que estive onde você está experimentando a mesma jornada que os fãs.” – Liam Cunningham (Davos)

“Eu era um grande fã antes de entrar para o elenco, mas aparentemente não muito bom. Passei por um quiz numa das entrevistas e falhei em todas as respostas (risos). Acho que sou um daqueles fãs mais singelos, sentado em casa vendo HBO no domingo e comendo uma pizza com a família.” – Pilou Asbæk (Euron)

“Eu não assisti à série toda. Estou bem perdido (risos). Eu conheço atores nos eventos de divulgação e não tenho ideia de quem são. E aí descubro que estão na série há anos (risos). Eu vou assistir. Daqui uns anos quero pegar o box de DVDs, pegar comida, vinho, e ver o que aconteceu.” – Rory McCann (Cão)

Interação com os fãs

“O interesse feminino com certeza aumentou daquela cena famosa no bordel na terceira temporada. O que eu posso fazer? (risos).” – Daniel Portman (Podrick)

“A pergunta que eu mais recebo é ‘Como é viver sem ter bolas?’. E eu respondo ‘Não sei. Imagino que tenha seus dias difíceis (risos)’. No primeiro ano eu ficava meio na defensiva, como se fosse verdade. Mas a minha auto-estima melhorou desde então, e hoje eu só respondo que não é verdade. As pessoas ainda te confundem com seu personagem, mesmo numa série com dragões (risos)” – Jacob Anderson (Verme Cinzento)


O Ligado foi convidado pela Warner Home Entertainment.

  • Ximith Nogueira da Silva

    seriado mais bem feito dos ultimos temos.ficara para posteridade

  • Leonardo Damaso

    GOT é única serie que me fez comprar Blu-ray

  • Elisabeth

    Deve ser mesmo um tipo de entrevista muito complicada, tanto para vocês quanto para os atores, mas adorei as curiosidades!

ss