FOTO: AMC

Por: Bruno Carvalho

Crítica | The Walking Dead segue firme na ação desenfreada em 8×02: The Damned!

O segundo episódio desta temporada de The Walking Dead felizmente manteve o ritmo do primeiro capítulo. É uma tendência da série intercalar capítulos com muita ação e acontecimentos com outros mais intimistas ou experimentais, algo que realmente não precisávamos ver neste momento.

O plano de Rick e das comunidades contra a ameaçade  Negan é o fio condutor deste início da trama e é muito bom ver que estão avançando. Como destaque tivemos ótimas sequências de ação, especialmente as de invasão com as armas nos entremeios dos estabelecimentos do “chefão” rival. The Walking Dead sempre foi uma série que caprichou na mise-en-scène, ou seja, numa eficiente disposição dos elementos cênicos que evidencia o domínio e cuidado com toda a geografia dos acontecimentos (note os travellings e cortes precisos nas cenas externas de batalha, inclusive).

FOTO: AMC

Este 8×02: The Damned também teve momentos catárticos para os fãs, em contraponto àqueles das temporadas anteriores, mas também cuidou de não fazer com que toda execução do plano de Rick fosse feita com facilidade. Assim, a diretora Rosemary Rodriguez manteve a tensão elevada em todos os blocos, inclusive no confronto entre Tara, Jesus e um antigo membro do Santuário que mudou de lado.

Esse episódio, assim como o primeiro, também permitiu que vários membros tivessem bons momentos espalhados em vez de um só manter o protagonismo, como foi o caso de Morgan que incorporou o Frank Castle, abandonou o bastão e tocou o terror, e também Carol, Aaron, Ezekiel e seu tigre e, é claro, o inesperado reencontro de Rick com Morales que deu o ótimo cliffhanger do capítulo.

FOTO: AMC

Se The Walking Dead conseguir manter esse ritmo sem enrolar, finalmente teremos a ótima temporada que quem segurou até aqui merecia e esperava acompanhar. Até agora, a promessa dos showrunners está sendo cumprida. Quero ver mais episódios como esse!

  • Amos

    Concordo com tudo o que vc disse, e acrescento que este ep foi melhor que o primeiro.

  • Mr_Popeye

    Eu bocejei durante várias partes… Tiroteio sem fim, atores mal dirigidos…. Estou a ponto de desistir de TWD!

  • vinland

    Engraçado. Achei uma porcaria esse episódio. Não adianta focar em ação, e esquecer de trabalhar os personagens, coisa que a série fazia de forma exemplar nos seus anos iniciais.

  • Episódio péssimo. Jesus agora com o mesmo mimimi de Carol…

  • Pedro Cajueiro

    Acabei de ver este episódio e estou sem acreditar como pôde ser tão ruim. Quem dirigiu tinha quantos anos? 12? Que atuações horríveis. Roteiro ruim, direção tosca.

ss