FOTO: WARNER

Por: Bruno Carvalho

Crítica | Young Sheldon é um caça-níqueis que acaba premiando

Young Sheldon é uma série simpática. Contando a história do jovem Sheldon Cooper (Jim Parsons) de The Big Bang Theory, a sitcom de câmera única (sem plateia, ao contrário da original) é ambientada em Charleston, Texas e traz Iain Armitage (Big Little Lies) no papel de uma criança peculiar anos antes de virar o físico teórico que conhecemos.

Mais comedido do que o costume, o criador e roteirista Chuck Lorre, junto do seu parceiro habitual Stevel Molaro, desenvolve uma narrativa fluida e com uma dose bem menos carregada de humor de duplo sentido (sua marca registrada) e parte para contar a singela história de “origem” de um dos personagens mais queridos da TV.

Narrada por Jim Parsons no mesmo estilo de Todo Mundo Odeia o Chris, esta Young Sheldon lembra muito mais a boa The Middle, é verdade, mas indica em seu episódio piloto que abordará temas pertinentes como aceitação, relações familiares bullying, sem perder o bom humor.

FOTO: WARNER

É claro que a série é muito privilegiada pelo conhecimento pregresso que temos sobre o protagonista, embora seja difícil hoje encontrarmos um espectador de TV hoje que não conheça, ainda que superficialmente, as nuances, tiques e bordões marcantes da personagem.

Aliás, vale apontar o excelente trabalho que Armitage faz, ao evocar a aura de Sheldon, porém criando um personagem próprio, já que ele ainda não é o adulto que conhecemos. Será interessante, ainda, ver como os trejeitos do físico teorético foram criados e quais elipses a série criará com a produção original.

Beneficiada por um elenco de apoio competente e divertido, em especial os pais de Sheldon (Lance Barber e Zoe Perry), este prequel disfarçado de série derivada é uma aposta segura da temporada 2017/2018.

Young Sheldon é um caça-níqueis, sim, mas pelo menos um que no fim premia o espectador.


A série terá pré-estreia em 8 de outubro na Warner Channel e será exibida regularmente a partir de novembro.

  • Giovani

    Na série Big Bang Sheldon conta histórias escabrosas sobre a relação do pai e da mãe dele, como a traição do pai, brigas e bebedeiras…quero ver se vão explorar isso na série.

ss