FOTO: NETFLIX

Por: Redação Ligado em Série

Episódio de BoJack Horseman abordou casos de assédio em Hollywood

Com o desenrolar da polêmica causada com as recentes revelações de assédio por parte do produtor Harvey Weinstein, co-fundador da The Weinstein Company, o público começou a perceber que as denúncias contra ele estavam sendo feitas de diversas maneiras. Uma delas aconteceu na animação BoJack Horseman da Netflix.

A série do Homem Cavalo havia alertado sobre a situação no sétimo episódio da 2ª temporada, intitulado “O Lado Escuro de Hank“.

No capítulo, Diane é provocada sobre comentários que ela fez na internet contra Hank Hippopopalos, famoso apresentador de TV que é acusado de ter abusado de mulheres que trabalham com ele. Mas, como na vida real, ele é amado e respeitado pela mídia e por marcas que se beneficiam do trabalho de Hippopopalos, então todos os defendem, o que deixa a luta de Diane para expor a verdade quase que impossível – ela chega a ser intimidada por BoJack e Mr. Peanutbutter.

FOTO: NETFLIX

No episódio, os argumentos usados contra as vítimas são os que já conhecemos:

“Se o Tio Hank tivesse feito algo ele não estaria na TV, não é?”

“Vocês mulheres são todas iguais, vocês fazem essas acusações todas para chamarem atenção”

“…todas aquelas mulheres…elas pegaram o dinheiro dele e agora estão acabando com a vida do pobre homem”

Hippopopalos chega a armar uma cilada para calar Diane. Ele diz:

“As pessoas me amam e não vão perdoar você por isso…Todo mundo sabe quem eu sou, sou o grande Hank Poppopolus. E você, quem é?”

A trama do episódio se assemelha ao que é vivido hoje por diversas mulheres que acusam Harvey Weinstein de assédio sexual. A lista de pessoas que o denunciaram inclui Angelina Jolie (Malévola), Gwyneth Paltrow (GleeSeven – Os Sete Pecados Capitais, Mira Sorvino (Mutação), Rosanna Arquette (Pulp Fiction – Tempos de Violência), Emma de Caunes (Sonhando Acordado), Judith Godrèche (O Homem da Máscara de Ferro), Lea Seydoux (007 contra Spectre), Cara Delevigne (Esquadrão Suicida), Ashley Judd (Divergente), Rose McGowan (Pânico), Heather Graham (Twin Peaks) e Asia Argento (Triplo X).

Weinstein foi expulso da Academia do Oscar e demitido da The Weinstein Company. Todos os episódios de BoJack Horseman estão disponíveis na Netflix.

Uma resposta para “Episódio de BoJack Horseman abordou casos de assédio em Hollywood”

  1. Welkerlan disse:

    Esses episódio é incrível. Sempre sai coisa boa quando a Diane tá lutando por uma causa.

Deixe uma resposta

ss