FOTO: DISNEY

Por: Bruno Carvalho

Ligado Indica | A nova e divertidíssima versão de Ducktales!

Em março Ducktales: Os Caçadores de Aventuras estreia no Disney Channel. Enquanto a aguardada série não estreia em 10 e 11 de março às 10h, o canal exibiu os dois primeiros episódios com uma estreia multiplataforma, que você pode conferir novamente abaixo e na íntegra.

 

Baseada na premiada série e adorada por uma geração de espectadores dos anos 90, Ducktales narra as andanças do pato mais famoso e multimilionario, o Tio Patinhas, junto com os trigêmeos Huguinho, Zezinho e Luizinho, o temperamental Pato Donald e a equipe da mansão: o valente chofer e piloto Capitão Boing; a governanta Madame Patilda, e sua neta aventureira Patrícia Vanderpato, a nova amiga dos trigêmeos. Armado com sua moeda da sorte, Tio Patinhas e sua turma estão em busca do tesouro escondido de sua família. No caminho, eles enfrentam muitas aventuras, seja um robô fora de controle ou viajar para o deserto e resgatar Pato Donald das garras de uma múmia malvada.

FOTO: DISNEY

Eu conversei com Matt Youngberg e Francisco Angones, os showrunners desta nova versão. Como fã incondicional da animação que foi parte da minha infância nos anos 90, fiquei muito intrigado em saber como eles conseguiram trazer a série para o mundo atual sem perder aquela aura gostosa de nostalgia.

As crianças de hoje em dia são muito diferentes daquelas que cresceram nos anos 80 e 90, mas uma coisa que permanece essencialmente a mesma são os personagens. E uma coisa que o espectador sempre pode se identificar é com a dinâmica familiar. Mesmo estando falando da família de patos mais rica do mundo, pela forma com que a dinâmica [dos Ducktales] funciona é porque eles estão ligados uns aos outros, seja pelos mistérios, pelas aventuras e pelos segredos que compartilham. No fim do dia, é uma série sobre uma família que se ama”.

Um outro aspecto muito chamativo desta nova versão é que ela também funciona para aquelas crianças que assistiram ao original e hoje são adultos como eu. Ducktales é uma série divertidíssima, repleta de piadas espertas, reviravoltas de roteiro inteligentes. A Disney achou, como vários filmes deles já trouxeram, uma forma de criar um produto essencialmente para o público infantil, mas que também é um entretenimento sólido para adultos.

“É uma história para múltiplas gerações. Da mesma forma como as crianças podem se identificar com Huguinho, Zezinho e Luizinho, os adultos podem facilmente se identificar com o personagem do Tio Patinhas. Nossa meta foi a de inclusão dessas gerações, em vez de excluí-las. A gente quer que aquele público da série original também se sinta bem-vindo para acompanhar a nova versão, pois toda aquela aura nostálgica está lá. É uma série que ambas as gerações poderão assistir juntas”.

FOTO: DISNEY

Isso é verdade. Nesta nova iteração, Patinhas é um sujeito completamente tomado por responsabilidades adultas e suas lendárias aventuras hoje são meras memorabílias em seu porão. Quando ele recebe a incumbência de ficar com os sobrinhos de Donald por um dia enquanto este último precisa se ausentar para uma entrevista de emprego, isso acaba despertando o instinto aventureiro que está dormente no velho pato.

Na versão original, em inglês, Ducktales também conta com um elenco completamente novo de artistas de voz, incluindo David Tennant (Jessica Jones), Danny Pudi (Community), Ben Schwartz (Parks and Recreation), Bobby Moynihan (SNL), entre outros. O cuidado da produção foi enorme, escalando vozes de países locais em que os patos se aventuram em vez de norte-americanos. Assim, se os Ducktales visitam a Ásia em determinado episódio, o trabalho de voz original tem atores desses países fazendo as vozes dos personagens, o que é um toque genial e que evidencia o cuidado da produção com esta nova versão.

“A gente foi além do que usualmente é feito é tentou buscar elementos nativos de cada uma das culturas retratadas na animação para a série, o que trouxe um ‘feeling’ muito mais genuíno e autêntico.”

Matt e Francisco também contaram que a primeira temporada terá episódios com histórias fechadas, mas também temas que se desenvolverão ao longo de um arco narrativo. Assim, ao mesmo tempo em que é possível assistir às histórias que serão semanalmente disponibilizadas no Disney Channel de forma isolada, a temporada como um todo terá temas maiores e que unirá tematicamente cada capítulo. São 10 histórias neste primeiro ano da nova versão (sendo o primeiro duplo, como vimos acima).

“Os espectadores verão dois grandes temas sendo desenvolvidos nesta temporada [de Ducktales], como um mistério em pequenas doses que será apresentado em cada episódio e que terão a sua conclusão somente no último capítulo. Vai ser algo que quem acompanhar ficará ansioso para descobrir, ao mesmo tempo em que queríamos ter certeza que quem assistir cada episódio também terá uma pequena resolução”.

Ducktales é, essencialmente, um programa sobre aventuras e que se passa num universo rico em que monstros, fantasmas e seres místicos aparecem. A série às vezes lembra muito um game (especialmente Quackshot, também da Disney) em que a cada novo episódio a gente vai descobrindo, como se fossem fases de um divertido jogo, novas e interessantes camadas.

Me surpreendi bastante com essa nova versão de Ducktales, que mesmo apresentando uma linguagem moderna, além de um traço descolado para o visual dos personagens, capta muito bem aquele tom de mistério e de oculto que foi fascinante na primeira versão.

O programa estreia mesmo em março no Disney XD e acho que mesmo quem nunca assistiu ao original vai curtir. Poxa, e quão legal que a nova música de abertura (a original era do Luís Ricardo) é cantada pela IVETE! Veja abaixo:

ss