FOTO: NETFLIX

Por: Bruno Carvalho

Rolou treta entre Jeffrey Tambor e Jessica Walters em Arrested Development

Jeffrey Tambor aparentemente sempre foi um problema em Hollywood. O ator de produções como ArcherLaw & Order: SVURaising HopeEntourage e Encontro Marcado foi recentemente despedido da série que estrelava na AmazonTransparent, depois que uma investigação interna concluiu que o ator assediou sexualmente uma assistente de produção. O estúdio também decidiu não submeter seu nome para concorrer ao Emmy 2018 pela produção.

Na Netflix, onde estrela Arrested Development, cuja quinta temporada estreará no próximo dia 29 de maio, a atriz Jessica Walter contou ao jornal The New York Times que Tambor já a agrediu verbalmente durante as gravações:

“Ele nunca ultrapassou os limites na série com assédio ou agressão sexual de qualquer tipo. Mas verbalmente, sim, ele me agrediu e depois se desculpou. Eu tive que deixar pra lá e dar uma chance para voltarmos a ser amigos de novo. Mas é difícil, pois em 60 anos de carreira eu nunca tive ninguém gritando comigo daquele jeito em um set de gravações. É difícil, mas já superei.”

Tony Hale (Veep), que também estava na entrevista (junto a Jason Bateman, Alia Shawkat, David Cross e o próprio Jeffrey Tambor), tentou dar uma mega passada de pano dizendo que “todos nós já tivemos esses momentos“, no que foi prontamente cortado por Walter: “Mas não daquele jeito, não daquele jeiro! Foi péssimo“, disse a atriz, que inclusive chorou, sobre o comportamento do colega de set.

Bateman também tentou minimizar o ocorrido ao dizer que isso é “comum” no show business e foi duramente criticado nas redes sociais por tentar “ensinar” a uma veterana de Hollywood “como as coisas funcionam”.

Tambor, em entrevista ao The Hollywood Reporter, admitiu que tem problemas com gerenciamento de raiva:

Sou uma pessoa difícil de lidar, gritei com a produtora na frente de todos, fiz ela chorar, fui rude com minha assistente e era mal-humorado“.

O intérprete de George Bluth Sr. também revelou que já até chegou a gritar com a criadora de Transparent Jill Solloway e que ela “tinha medo de mim. Ele nega e contesta, contudo, a conclusão da investigação da Amazon que constatou o comportamento sexualmente inapropriado.

Jeffrey Tambor teve seu nome submetido ao Emmy pela Netflix, mas é quase certo afirmar que ele não receberá indicações ou prêmios por um bom tempo.

ss