FOTO: HBO

Por: Bruno Carvalho

Starbucks, HBO e diretor de arte de Game of Thrones comentam a “gafe” do copo de café

O diretor de arte de Game of Thrones Hauke Richter admitiu o “erro” ocorrido no 4º episódio da 8ª temporada de Game of Thrones, que exibiu, por um breve momento, um copo de café moderno durante a cena da comemoração pelo fim da Longa Noite. Em um e-mail dirigido à Variety, ele se explicou:

Ainda não assisti ao episódio, mas é normal que coisas [do tipo] esquecidas no set durante uma gravação acabem entrando em um corte final. Isso tomou uma proporção fora do normal, porque não é algo que aconteceu na série até hoje.”

Hauke, contudo, não revelou de quem foi o descuido: se do diretor, dos showrunners D.B. Weiss e David Benioff (que estavam na própria cena como figurantes da taverna) ou se foi erro na montagem.

Já a HBO fez graça com o acontecimento e declarou ao site The Insider apenas que:

“O café que apareceu no episódio de ontem foi um erro. Daenerys havia pedido um chá de ervas”.

Diferentemente do que muitos especulam de forma absurda, não se tratou de um “product placement” (tipo de inserção publicitária) da marca Starbucks. Primeiro porque não dá nem pra ver a marca do copo de café (que provavelmente nem é da Starbucks, embora seja a marca mais lembrada do segmento) e segundo porque a HBO não usa deste artifício em Thrones, já que a série não se passa em nosso mundo e muito menos nos dias contemporâneos.

Isso não evitou, contudo, que a empresa de café entrasse na brincadeira e publicou em sua conta oficial no Twitter:

Estamos surpresos que ela não pediu um Drinque de Dragão.

Essa não é a primeira vez que um objeto fora de contexto surge em filmes ou séries. Caso notório mais recente ocorreu com Downton Abbey numa foto promocional que deixou em exibição uma garrafa de água plástica (a série se passa no começo do século XX, décadas antes da invenção do plástico). 

Os comentários estão desativados.

ss