FOTO: UNIVERSAL PICTURES

Por: Bruno Carvalho

1917: épico de guerra de Sam Mendes será um impressionante plano sequência!

Um plano sequência é aquele em que a câmera percorre mais de uma locação em tempo e espaço, sem cortes aparentes. No cinema, desde a Era de Ouro, é utilizado de diversas formas por cineastas como Brian de Palma, Alfonso Cuarón, Alfred Hitchcock e Alexander Sokurov. Em 1917, o diretor Sam Mendes (Beleza Americana, 007: Operação Skyfall) utilizará a técnica para contar a história de seu drama sobre a 1ª guerra mundial.

Com distribuição da Universal Pictures e DreamWorks, o drama traz uma corrida contra o tempo na vida de dois soldados britânicos – prestes a entrarem em território inimigo – em um dos momentos mais cruciais e marcantes da Primeira Guerra Mundial. Está nas mãos de George MacKay (Capitão Fantástico) e Dean-Charles Chapmann (O Tommen de Game of Thrones) entregar uma mensagem que cessará o ataque brutal a milhares de pessoas.

O featurette abaixo, divulgado pela Universal, mostra um pouco das técnicas inovadoras e imersivas utilizadas para captar as cenas contínuas (que, claro, serão digitalmente emendadas para formar um longo plano-sequência, tal como ocorreu com o vencedor do Oscar Birdman).

O vídeo destaca, além dos diversos tipos de câmera e estrutura gigantesca montada para 1917, como também o fato de que, por ser ambientado em “tempo real”, a produção precisou lidar até com a sorte e fatores metereológicos. Vale a pena assistir.

1917 chega aos cinemas em 23 de janeiro de 2020. Mark Strong (Low Winter Son), Andrew Scott (ele mesmo, o hot priest de Flebag), Richard Madden (Game of Thrones), Claire Duburcq (em sua estreia), Colin Firth (Kingsman) e Benedict Cumberbatch (Sherlock) completam o elenco.

Os comentários estão desativados.

ss