FOTO: NETFLIX

Por: Redação Ligado em Série

#ListaLigada: 6 filmes e séries que abordam questões de saúde de forma responsável

Os problemas de saúde são temas recorrentes em filmes e séries, graças ao apelo emocional que muitos deles causam. Além disso, narrar histórias sobre doenças pouco conhecidas pode ajudar na aceitação e identificação das pessoas que sofrem o problema. No entanto, tudo precisa ser mostrado de maneira responsável. Preparamos uma lista de filmes e séries que retratam casos de saúde desta forma:

Amor e outras drogas

“Amor e outras drogas” é uma comédia romântica que tem como personagem central uma portadora da Doença de Parkinson. Maggie, que tem a doença, conhece Jamie. Quando eles começam a se envolver, todas as dificuldades causadas por seu quadro de saúde começam a ficar evidentes, deixando a história com toques de realidade e emoção.

Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer

Este filme, premiado em Sundance em 2005, retrata muito bem a batalha contra o câncer. Na história, um jovem produtor de filmes amadores começa a se aproximar de uma colega que está com a doença. Enquanto ele resolve fazer um filme dedicado a ela, o estado da menina vai piorando e os vários estágios vão sendo mostrados de maneira comovente.

After Life

A série After Life, da Netflix, retrata fielmente a depressão. Depois da morte de sua esposa, Tony (Ricky Gervais, de The Office) tenta continuar sua vida, mas é impossibilitado por conta da doença. A vantagem da série é que não trata a depressão apenas como uma tristeza profunda, mas também outros lados da doença,  mostrando ações cotidianas na vida das pessoas que sofrem com o transtorno. 

O Óleo de Lorenzo

Neste clássico, baseado em uma história real, o garoto Lorenzo é diagnosticado com uma doença degenerativa e incurável, a adrenoleucodistrofia. Os pais do menino, lutando para salvar sua vida, decidem pesquisar a doença e acabam descobrindo um óleo que, apesar de não curar, atrasa muito o avanço da doença e dava mais qualidade de vida. Este óleo é usado até hoje no tratamento dos que sofrem com o mesmo quadro.

Atypical

Atypical aborda o transtorno do espectro autista de uma maneira mais real e muito menos caricata do que outras produções sobre o mesmo tema. Esse já seria um bom motivo para assistir. Mas, além disso, a história ainda é ótima e engraçada. Por todas estas razões, a série está entre as que são mais rapidamente maratonadas no Brasil e no mundo, de acordo com a Netflix. 

O Escafandro e a Borboleta

A doença retratada em “O Escafandro e a Borboleta” é a síndrome do encarceramento. O personagem do filme, após sofrer um acidente, fica com o corpo todo paralisado, com exceção dos olhos. Ainda assim, sua mente continua em pleno funcionamento, o que provoca uma enorme carga dramática, fortalecida pela visão em primeira pessoa que é oferecida ao espectador, transmitindo toda a impotência do paciente. De acordo com Angélica Collado, editora do saudaveleforte.com.br, esta síndrome é extremamente rara na medicina e não existe nenhuma cura, mas, graças a tecnologia, alguns pacientes já conseguem se comunicar primariamente através da detecção de ondas cerebrais por computadores.

Os comentários estão desativados.

ss